Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

Governo paulista rebate Do Val

| 02/10/2020, 06:42 06:42 h | Atualizado em 02/10/2020, 07:16

O governo paulista não reagiu bem à postagem do senador Marcos do Val de ligar a China à “criação” do coronavírus e usar a imagem do governador João Dória num meme postado.

Ao repercutir o anúncio do governo paulista que assinou contrato para receber doses da vacina, Do Val postou: “Contrato com China para fornecimento da vacina custará meio bilhão de reais. Mas não foram eles que criaram o vírus?”.

Questionado, o senador disse que o “criaram” se refere à origem do vírus e que a China não deveria lucrar em cima da tragédia, conforme noticiado na tarde de ontem pela coluna.

Mas, em nota, a assessoria de imprensa de Dória chamou a postagem do senador de “fake news”. “Trata-se de fake news. É consenso entre a comunidade científica que não há qualquer evidência de que o vírus tenha sido criado ou manipulado por ação humana. É lamentável que um senador da República preste-se ao papel de difundir informação enganosa”.

Relações exteriores
O senador Marcos do Val é vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado e disse que reitera o questionamento da postagem e que tem, inclusive, incitado o questionamento entre os senadores. Postagens semelhantes do deputado federal Eduardo Bolsonaro e do ex-ministro Abraham Weintraub causaram embaraço entre Brasil e China.

Dia D
Termina hoje o prazo para a votação dos ministros do STF sobre a ação que questiona o cálculo do Estado no investimento dos 25% na Educação. Cinco ministros do STF – Rosa Weber (relatora), Alexandre de Moraes, Marco Aurélio, Edson Fachin e Cármen Lúcia – tinham votado pela inconstitucionalidade, até o final da tarde de ontem.

Imagem ilustrativa da imagem Governo paulista rebate Do Val
Papel de carta
O vereador Leonil Dias recebeu da Corregedoria da Câmara de Vitória uma “carta de repreensão” como punição. A carta é resultado do processo movido pelo presidente da Casa, Cleber Felix, contra ele por quebra de decoro, numa das muitas confusões entre os dois. Resumindo: não deu em nada!

PSB retira uma candidatura em Guarapari
O candidato a vereador de Guarapari Delegado Ambiental Freitas (PSB), que responde a processo de usurpação de função pública e já foi preso acusado de se passar por delegado, não vai mais concorrer. Ele já tinha até mandado fazer santinhos com as lideranças e candidatos do município. O partido alega que pediu a exclusão da candidatura tão logo teve ciência dos processos.

Aumento de 9,5% em assassinato de mulheres
De janeiro a setembro deste ano o Estado registrou 69 assassinatos de mulheres, 9,5% a mais do que os 63 registrados no mesmo período do ano passado. Só em setembro foram 7, mesmo número que agosto. Quase 50% dos crimes (34 mulheres) foram cometidos na Grande Vitória. Com relação aos crimes de feminicídio, que representam 25% dos assassinatos contra mulheres, o índice baixou em comparação ao ano passado. Foram 17 contra 27 em 2019, redução de 37%. Um feminicídio foi registrado em setembro, assim como em agosto.

Galeria

As mais violentas
O município com mais assassinatos de mulheres é Vila Velha, com 11 dos 69 crimes registrados (16%). Serra vem logo atrás, com 9 homicídios (13%). Cariacica e Vitória estão na 3ª posição, com 6 crimes cada.

Bancada da segurança
O delegado Piquet, que já foi subsecretário de segurança, engrossa a fileira dos policiais em busca de voto. É pré-candidato a vereador de Vitória.

Vapt-vupt
Em tempos de campanha eleitoral, as sessões em algumas câmaras tem durado quase nada. Na última quarta-feira, a sessão de uma câmara da Grande Vitória durou 17 minutos.

Tudo no on
O atendimento presencial na Prefeitura de Vila Velha voltou ontem.
falta uma semana...
Para iniciar horário eleitoral na TV.

MATÉRIAS RELACIONADAS