Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

ES já tem outro para o lugar de Ramalho contra o prende e solta de bandidos

Pré-candidato ao Senado pretende levantar bandeira contrária ao prende e solta de criminosos

Kleber Amorim | 04/08/2022, 14:52 14:52 h | Atualizado em 04/08/2022, 14:53

Julio César Lugato
Julio César Lugato |  Foto: Reprodução
 

Não demorou nada e o Espírito Santo já tem uma nova pré-candidatura ao Senado que promete levantar naquela Casa de Leis a bandeira contrária ao prende e solta de criminosos. 

Trata-se do também coronel da Polícia Militar, Júlio César Lugato, do Democracia Cristã (DC), que após a retirada de cena de Alexandre Ramalho (Podemos), emerge como possível nome para preencher a lacuna deixada pelo colega militar.

Lugato já havia sido lançado pré-candidato para o cargo por seu partido, mas agora ganha corpo para ser o nome escolhido ao Senado pela chapa do pré-candidato ao governo, Guerino Zanon (PSD). O DC de Lugato e o PMN estão coligados com o PSD do ex-prefeito de Linhares.  

“Com a saída do coronel Ramalho a gente vê a possibilidade bem grande do nosso candidato avançar. Vamos entrar na briga também. São vários nomes colocados e queremos o nosso também em apreciação”, reivindica Caran, presidente estadual do DC.

Lugato, assim como Ramalho já foi comandante-geral da Polícia Militar capixaba e ainda é  reconhecido pela participação efetiva na criação das guardas municipais no Espírito Santo. 

Foi comandante da Guarda de Vitória no início dela, comandante da Guarda de Anchieta, e entre outras coisas, foi membro da força de paz da ONU, por indicação do governo do Espírito Santo e federal junto a ONU.

“Estamos comprometido no projeto de Guerino como governador, mas a gente não pode também deixar de mostrar o que a gente tem, já que não tem ainda definida essa vaga de senador. A gente quer apresentar o nome que é de brio, limpo, que a PM do Espírito Santo só tem a se orgulhar. Apresentamos um candidato que tem um conteúdo, que pode muito ajudar nesse projeto de governabilidade. E vamos lutar por ele”, disse Caran.

MATÉRIAS RELACIONADAS