Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

Enivaldo estuda pedir licença da Assembleia e Luiz Durão pode assumir

| 05/12/2019, 19:28 19:28 h | Atualizado em 06/12/2019, 09:48

Enivaldo dos Anjos e Luiz Durão, no plenário da Ales
Enivaldo dos Anjos e Luiz Durão, no plenário da Ales |  Foto: Fábio Nunes e Dayana Souza / AT

O deputado Enivaldo dos Anjos (PSD), ex-líder do governo na Assembleia, estuda pedir licença de 120 dias do Legislativo – conforme noticiado pela coluna Plenário, do Jornal A Tribuna, publicada nesta quinta-feira (5). Não seria por motivo de doença, embora a pressão do “coronel” de Barra de São Francisco tenha chegado às alturas nos últimos dias, mas para resolver problemas particulares.

Ele quer atuar no parque industrial de granito da região Noroeste. “Há muito tempo, venho querendo trabalhar para aumentar o parque industrial de granito na região Noroeste. Agora, fora das atividades da liderança, estou reativando esses contatos”, disse Enivaldo.

Sua ideia é abrir um escritório de advocacia para prestar serviços na área e atrair empresas para a região. “Para atração de empresas internacionais para a atividade”.

Enivaldo, garante, porém, que não abandonará a política. “É só uma licença pra montar o negócio, depois, ele caminha com executivos, mas estou negociando ainda”.

Se a licença vingar, o primeiro suplente, Luiz Durão (PDT), tomará posse no lugar de Enivaldo. Durão foi preso em janeiro deste ano, acusado de estupro contra uma adolescente de 17 anos. Ele foi absolvido num primeiro julgamento, mas o Ministério Público recorre da sentença.

MATÉRIAS RELACIONADAS