Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

Dois indicados de Duboc de fora

| 11/03/2021, 08:00 08:00 h | Atualizado em 11/03/2021, 08:20

A troca na Secretaria da Justiça (Sejus), anunciada ontem pelo governador, foi a 2ª baixa da cota dos indicados do secretário de Planejamento, Álvaro Duboc. Os 3 – Duboc, Luiz Cruz (Sejus) e Roberto Sá (ex-Sesp) – são amigos e da Polícia Federal.

Duboc enfatizou o trabalho de Cruz à frente do sistema prisional, ao conseguir estabilizar e interromper o aumento da população carcerária, e também integrando o comitê de crise da Covid, mas não revelou o motivo da troca. “Não houve nada que motivasse, ele (Cruz) não conseguiu trazer a família para cá e agora retorna à PF do Rio. O governador decidiu”.

Nos bastidores, porém, o motivo seria que Cruz não conseguiu acompanhar e entregar avanços em sua pasta. Haveria uma cobrança por agilidade nos processos tecnológicos.

Questionado se a mudança lhe afetaria, Duboc riu. “Acho que não. Tenho uma relação com Renato de muitos anos, coordenei o plano de governo, a transição. Mas, se ele precisar da minha posição para a composição do governo, não há dificuldade”.

Troca-troca no governo
O secretário-geral do PDT, Weverson Meireles, deixou a Subsecretaria Estadual de Esporte para assumir a chefia do gabinete do prefeito Sergio Vidigal. Ele entra no lugar de Lindomar Gomes (filho da ex-vice-prefeita da Serra Madalena Santana) que vai assumir a Subsecretaria de Esporte. “Foi um movimento casado. PDT e PSB são parceiros”, disse Meireles.

PTB mira no PDT
Em resposta à nota publicada ontem sobre o parecer do Ministério Público pela cassação da chapa de vereadores do PTB de Vila Velha, o partido disse que tem acompanhado as ações, que o PDT, que tem feito as denúncias, teve duas candidatas indeferidas e que confia na Justiça. “Nem o partido, nem nenhum candidato ou candidata agiu com má-fé”.

Imagem ilustrativa da imagem Dois indicados de Duboc de fora
Protesto das mulheres
O Fórum das Mulheres do Espírito Santo fez ontem uma manifestação na porta da Câmara de Vitória em apoio à vereadora Camila Valadão (Psol) que teve a roupa censurada por outro vereador durante a sessão do Dia da Mulher. Elas foram com blusas parecidas com a que a vereadora usava na ocasião.

Chapa única
O prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, protocolou ontem sua chapa, de consenso, para disputar o comando da Amunes, em eleição marcada para o próximo dia 31. A Coluna Plenário antecipou, no último dia 1º, que Victor era o mais cotado para a disputa e que contaria com os apoios do governador e do atual presidente, Gilson Daniel.
Na ocasião, também foi citado que havia um trabalho nos bastidores para que a chapa fosse de consenso.

Presidente do TC-ES puxa a orelha de prefeitos
O Tribunal de Contas do Estado enviou a todos os municípios e à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recomendações para garantir a efetividade do plano de imunização. O TC encontrou diversas “fragilidades”, como armazenamento da vacina, registro dos vacinados, entre outros, e o presidente da Corte, Rodrigo Chamoun, deu um puxão de orelha nos gestores: “Os prefeitos devem cuidar das vacinas da mesma forma que cuidam da saúde dos seus filhos”.

Galeria

“Todo mundo sabia”
O presidente do TC-ES, Rodrigo Chamoun, lembrou também que os prefeitos tiveram tempo para o planejamento da vacinação, embora tenha ocorrido mudanças devido às eleições. “Todo mundo sabia que este ano seria de vacinação”.

Efeito pandemia
A Câmara de Vila Velha proibiu a presença do público e dos assessores no plenário durante a sessão. Já a Câmara de Vitória permitiu, a partir dessa semana, a entrada dos assessores de imprensa dos vereadores.

Repúdio
O Sindijornalistas e a Fenaj emitiram nota de repúdio contra o vereador de Vitória Gilvan da Federal “pelo ataque proferido contra o jornalista George Bitti”, numa sessão da Câmara, que chamou o jornalista de militante por postar em seu perfil pessoal apoio a uma professora.
 

MATÉRIAS RELACIONADAS