Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista Kleber Amorim

Plenário

Imagem do colunista Kleber Amorim

Kleber Amorim

Deu nem tempo do bate-papo

20/11/2021 09:59:48 min. de leitura

 O governador Renato Casagrande (PSB), que tinha até 20 dias para escolher o desembargador do Tribunal de Justiça (TJES) oriundo do Ministério Público (MPES), optou por  apontar ontem mesmo, no meio da tarde, o nome do ex-procurador-geral de Justiça Eder Pontes para ocupar a cadeira.  

Em sessão realizada no TJ, na manhã do mesmo dia, os desembargadores que já compõem a Corte elegeram outros três pares vindos da magistratura e formaram, também através do voto,  a lista tríplice  do MPES enviada a Casagrande.

Além de Pontes, nela estavam os nomes do procurador de Justiça Josemar Moreira e da  promotora de Justiça Maria Clara Mendonça Perim. Pontes e Josemar tiveram 21  votos, enquanto Maria Clara teve 16. Com a escolha relâmpago do governador, o bate-papo de praxe entre chefe do Executivo  e integrantes de lista tríplice não  ocorreu antes da decisão.

Deu os cotados

 Os três nomes vindos da magistratura eleitos desembargadores, estavam entre os quatro cotados antes para vencer. Júlio Cesar Costa e Helimar Pinto pelo critério de merecimento e Raquel Durão pelo de antiguidade. Sérgio Ricardo de Souza, o quarto, bateu na trave. Empatou com Helimar, que levou por já ter figurado pela terceira vez em lista tríplice.

Desembargadoras

 O TJES terá pela primeira vez em sua composição quatro desembargadoras após a juíza Raquel Durão ter tido seu nome chancelado, ontem, pelos desembargadores. 

O número poderia ter chegado a cinco caso Maria Clara  do MPES  também tivesse sido escolhida.  A lista sêxtupla do órgão  enviada ao TJ contava com quatro mulheres.

Deputado sub-20

 Durante reunião da Comissão de Proteção à Criança da Assembleia, Carlos Von  disse se sentir jogador dos juniores do Flamengo ao subir para o time principal e encontrar nomes como Gabigol e Bruno Henrique. Se referia, segundo ele, a colegas como Danilo Bahiense e Capitão Assumção.

Nova escola

Um chamamento público visando ao aluguel de um prédio que possa abrigar nova Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef), em Jardim Camburi, será feito, no dia 30, pela prefeitura de Vitória.

Atualmente o bairro tem três creches  e três escolas, mas 156 alunos não conseguiram matrícula no início do ano. Em razão disso, a prefeitura alugou um prédio por R$ 33 mil mensais, para abrigar essas crianças, se tornando  anexo de uma escola. 

Consciência negra e pedido de fora Presidente

A 14ª edição d a Marcha Estadual Contra o Extermínio da Juventude Negra  ocorre, hoje, às 15 horas, da Praça de Gurigica, em Vitória, até a praça de Itararé. Os participantes  pretendem denunciar as violências que a juventude negra e o povo negro sofrem, como exclusão do mercado de trabalho ou a falta de acesso a uma educação de qualidade. Também está previsto durante o ato pedido  de saída do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

Aniversário de 64 anos

A Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e Bombeiros Militares (Asses) realiza, no próximo dia 27, em Bicanga, na Serra,  a festa em comemoração aos seus 64 anos de fundação, com a banda Aerosom. Mas o  aniversário da entidade ocorreu mesmo no dia 8.

Visita de Bia Kicis

Para o dia 27 também está prevista a visita da deputada federal e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Bia Kicis (PSL). Ela participa do encontro estadual do PL, no Alice Vitória.

Apoio do vice

O vice-presidente do PSDB-ES, Oziel Andrade, teve o nome divulgado pela equipe de João Doria como “mais um grande apoio nas prévias”.

“Valeu Zumbi”

Neste dia, em 1695, Zumbi, o último dos líderes do Quilombo dos Palmares no Brasil, é executado pelas forças do bandeirante português Domingos Jorge Velho.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes. Assine para acessar: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login