Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Plenário

Plenário

Colunista

Kleber Amorim

Comissão não interfere

Kleber Amorim, do jornal A Tribuna | 23/06/2022, 11:27 11:27 h | Atualizado em 23/06/2022, 11:27

 Às vésperas de PSB e PT nacional decidirem se o senador Fabiano Contarato será ou não candidato a governador, ele assumiu a vice-presidência de uma comissão especial no Senado, que investigará as mortes do indigenista e do jornalista na Amazônia, conforme Plenário publicou ontem. 

O mercado político reagiu e entendeu que o fato sinaliza que Contarato não deverá mesmo ser mantido pré-candidato, pois teoricamente não conseguiria tocar campanha e comissão.

O petista, por sua vez, negou e afirmou para a coluna que um assunto não interfere no outro. “O papel fundamental é do presidente e do relator, mas claro que estarei ali como vice-presidente acompanhando os trabalhos da comissão. Isso não tem nada a ver com minha pré-candidatura. Ela se mantém e estou aguardando uma decisão nacional para efetivar isso”, garantiu o senador Fabiano Contarato.

Tem nada de esquerda

Em Cariacica, se depender de vereadores do PT e do PSB, os partidos não caminharão juntos no Estado. O petista André Lopes se disse surpreso com “um partido de esquerda como o PSB” não ser contra o veto da prefeitura à disciplina de Direitos Humanos para a formação de guardas municipais. Já Preto (PSB) respondeu “brabo” que o partido não tem nada de esquerda.

Voltando às agendas

No último final de semana, Alexandre Ramalho (Podemos) voltou a participar de agendas do governo. Na coluna de sexta, o coronel deu uma “reclamada” de que as agendas com o governador nem sempre estão postas para ele “com a mesma possibilidade de prestigiar os eventos” em comparação aos demais cotados para ser o candidato ao Senado do governo.

Orla de Piúma

O Diário Oficial do Estado publicou, ontem, os nomes das empresas habilitadas para realizarem as obras de revitalização e urbanização da orla de Piúma. 

O fato foi comemorado pelo presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia, deputado estadual Marcelo Santos (Podemos) que contou ser uma luta antiga de seu mandato e da cidade “que vai ter uma nova orla para receber turistas de todo o País”, disse o parlamentar.

Guaraná em vez de leite

Na sessão em que foi empossado procurador do MP-ES, Emmanoel Arcanjo lembrou de encontro com o governador, que brincou por sua vez: “Nos encontramos em Regência, tomando um guaraná”. Emmanoel completou: “Isso porque no horário não podia tomar leite”. A gargalhada foi geral.

Dicas para fugir da desinformação eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) lançou, na manhã de ontem, o programa Eleitor Capixaba Bem Informado, ação da Justiça Eleitoral do Estado para combater a desinformação eleitoral e promover a defesa do processo de votação. A iniciativa, que é da Corregedoria do TRE-ES,  conta com uma página para informação e orientação dos eleitores, hospedada no site da Corte Eleitoral (www.tre-es.jus.br).

GALERIA

Impactos adversos

“A disseminação da desinformação, sobretudo em relação ao processo eleitoral e às instituições e autoridades responsáveis por sua condução, podem ocasionar impactos adversos na sociedade, tumultuando o pleito que se avizinha, prejudicando a imagem e a credibilidade da Justiça Eleitoral”, disse o vice-presidente e corregedor do TRE-ES, Namyr Filho.

Piso do magistério

Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Cumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Educação, Sergio Majeski (PSDB) vai hoje à Câmara de Vila Valério falar do Piso Nacional do Magistério.

Orçamento 2023

Pelo www.orcamento.es.gov.br, os capixabas registraram 300 propostas e 700 destaques ao projeto.

Recepção

Colatinenses e pré-candidatos, Paulo Foletto (PSB) e Marcelino Fraga (PSDB) prometem recepcionar o governador na cidade amanhã.

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

MATÉRIAS RELACIONADAS