Flávio Dias

Flávio Dias

Papo do Dias

É dia de Serra!

últimos posts


Eles gostam de sofrer!

Talvez não tanto quanto o Grêmio, mas este Cruzeiro do Mano Menezes adora passar no limite. Acho um timaço. De verdade. No papel. Na prática, deixa a impressão de que faz o suficiente. Ganha, se …


O maior de todos!

Quando eu era criança e dava (ou tentava dar) minhas braçadas, todo nadador queria ser Ricardo Prado. Era ele, então, o nome mais famoso da natação brasileira. Medalhista de prata na Olimpíada de Los …


Pintou o ídolo?

Maxi López tem uma carreira respeitável. Vestiu camisas importantes do futebol mundial, como as de River Plate, onde começou, Barcelona (entre 2004 e 2006), Milan e Sampdoria. E, claro, do Grêmio. …


Quem são seus ídolos?

Fábio voltou a ser decisivo. No empate com o Grêmio, ele pegou pênalti do Luan (e como perde pênalti o Luan!) e garantiu o ponto fora de casa para o Cruzeiro. Mas o goleiro é mais do que um pegador …


Pintou o campeão?

São Paulo e Inter não estavam na lista de favoritos ao título antes do início do Brasileirão. Nem mesmo nas primeiras rodadas. Mas são eles as duas maiores surpresas do primeiro turno do campeonato. …


Sul-Americana é a prioridade

Zé Ricardo chegou, o time passou de fase na Copa Sul-Americana e tudo mudou para o Botafogo. É essa, pelo menos, a expectativa que fica para a torcida alvinegra desde a merecida vitória por 2 a 0 …


Perdidos no espaço

Um ano para lá de complicado. E que ainda pode piorar. Essa é sensação de quem torce por Vasco, Botafogo ou Fluminense. Um trio perdido, sem coerência entre discurso e ação. E que corre sério risco …


O Flamengo bipolar

O Flamengo disputou sete jogos desde o fim da Copa do Mundo. Venceu dois, empatou dois e perdeu três. O resultado dessa sequência é que o time não lidera mais o Brasileirão, está com a corda no …


Quanto vale um ídolo?

Num futebol brasileiro em que os jogadores vão embora ainda tão jovens, normalmente antes de terem grandes conquistas pelos clubes daqui, é raro ter um ídolo. Digo ídolo mesmo, aquele cara que tem …


A escolha óbvia do Fogão

Zé Ricardo começa no dia 6 o seu trabalho à frente do Botafogo. Uma escolha óbvia do clube, que já havia tentado a sua contratação quando Alberto Valentim pediu para ir embora, durante a paralisação …