Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Nutridicas

Nutridicas

Colunista

Gabriela Rebello

Dieta x Reeducação Alimentar

| 10/02/2020, 01:00 01:00 h | Atualizado em 09/02/2020, 16:29

Imagem ilustrativa da imagem Dieta x Reeducação Alimentar

Olá queridos leitores, meu nome é Gabriela Rebello, sou nutricionista e estou mega feliz com esse novo espaço para podermos conversar sobre saúde, alimentação e estilo de vida. Para esse primeiro bate papo, que tal abordarmos um tema super em alta e esclarecedor? Dieta ou reeducação alimentar, e agora Nutri?

Comer sem se preocupar com o valor nutricional dos alimentos. Um dia, nada belo, você se depara com uns dígitos a mais no visor da balança. A solução? Alguma dieta do momento, claro! Sua vizinha fez aquela famosa "da proteína" e perdeu os infelizes dez quilos que a incomodavam. Sua prima enxugou oito com a da “sopa". Óbvio que terá uma que vai servir para você. Mas, depois de um tempo de amizade com a balança, tudo volta a ser o que era antes, até a próxima dieta.

Emagrecer, entrar em forma, cuidar da aparência... Tais desejos são apreciáveis - principalmente em tempos onde cultuar a beleza passou a ser prioridade máxima. Mas o que as pessoas não entendem é que perder peso, deve ser uma questão definitiva e que dietas imediatistas não são eficientes como uma Reeducação alimentar.

E então, o que você prefere?

Reeducação alimentar é um conceito inovador, processo de mudança de hábitos, solução definitiva, saudável, prazerosa. Não é preciso seguir regras ou um cardápio para se alcançar o objetivo. A pessoa é livre para fazer suas escolhas, no entanto com consciência e habilidade para driblar as situações do dia a dia. Ah! Levando sempre em consideração a saúde né?! De que adianta o corpo perfeito mas ter as taxas alteradas, não é verdade?

Já as dietas milagrosas, temporárias muitas das vezes são elaboradas por profissionais não capacitados, restritivas e podem colocar o organismo em situação de risco nutricional. As dificuldades de socialização que trazem, o cansaço, a monotonia levam a desistência e ao retorno aos antigos e prejudiciais hábitos, recuperando assim o peso perdido.



Gostar de si mesmo é ter conhecimento que mudanças diárias produzem resultados. Resumindo em uma palavra: constância!

Eu fecho com a reeducação alimentar.

E ai? Me conte! O que você escolhe, dieta ou reeducação alimentar?

Na quarta feira iremos bater um papo sobre: “Preciso comer a cada 3 horas?” E aí, o que você me diz?

Boa semana!

MATÉRIAS RELACIONADAS