Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Nutridicas

Nutridicas

Colunista

Gabriela Rebello

Alimentos para prevenção e tratamento do câncer

| 31/01/2020, 10:27 10:27 h | Atualizado em 31/01/2020, 10:29

Na próxima terça-feira, segundo a Organização Mundial da Saúde, comemoramos o dia Mundial do Câncer. A data tem como objetivo aumentar a conscientização e a informação a população sobre a doença, além de influenciar a todos para que se mobilizem pelo controle do câncer evitando, assim, milhões de mortes a cada ano.

Assunto sério não é mesmo? E que tal conversarmos hoje, sobre a alimentação no contexto da prevenção e do tratamento do câncer? Se existe relação? Total! Uma alimentação deficiente em nutrientes e em substâncias protetoras oferece maior risco para o câncer se instalar no organismo.

Isso porque uma alimentação inflamatória (composta por alimentos processados, açúcar, sal, pesticidas, alimentos modificados, BPA, metais pesados, carboidratos refinados), com baixo valor nutricional, baixo teor de fibras e pouca água, associado ao uso de medicamentos em excesso, poluição, fumo, sedentarismo, álcool e a genética deixa o nosso organismo mais ácido o que piora nossa imunidade e aumenta o risco da doença aparecer.

Pensando nisso, pode parecer que bato sempre na mesma tecla, mas no que diz respeito a alimentação devemos comer um pouco de cada grupo alimentar, sem restringir nenhum deles, é o segredo para reduzir as chances de desenvolver não só o câncer, mas várias outras doenças.

Frutas, legumes, verduras, cereais integrais e feijões são os principais alimentos protetores. Confira então uma listinha dos alimentos que não podem faltar na sua lista de compras:

Alho: é um alimento verdadeiramente maravilhoso. Rico em alicina, selênio e triptofano, substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes que auxiliam na prevenção do câncer especialmente em órgãos digestivos, como esôfago, estômago e cólon.

Uva: rica em polifenois, nutriente que aumenta a produção de enzimas que destroem substancias tóxicas ao organismo.

Chá Verde: contém antioxidantes chamados catequinas, que podem ajudar a prevenir o câncer em uma grande variedade de maneiras, incluindo na eliminação dos radicais livres que são células prejudiciais.

Além disso, estudos de laboratório descobriram que catequinas no chá podem encolher tumores e reduzir o crescimento de células tumorais.

Aloe Vera: atua aumentando a função do sistema imune e destruindo células cancerígenas.

Mas além de avaliar o que comer é importante observar também a forma correta de preparo.

Ao cozinhar, você deve ter cuidado com a higiene dos alimentos. E lembre-se, nada de frituras: o melhor é assar, grelhar ou cozinhar.

Outras dicas também são importantes: Procure dormir bem, pois o sono é fundamental para a manutenção do sistema imunológico e para ajudar a mente e o corpo a se recuperarem do estresse do dia a dia.

Evite o fumo. Limite o consumo de bebidas alcoólicas. E mexa-se! Quando falamos de prevenção a atividade física e a alimentação balanceada formam o casal perfeito.

E se você for um paciente oncológico, além de ingerir os alimentos já listados:

– Mude gradativamente seus hábitos alimentares, pois ninguém consegue mudá-los rapidamente.

– Faça várias pequenas refeições com intervalos regulares entre elas, mastigue bem e lentamente todos os alimentos.

– Beba bastante líquido ao longo do dia.

Resumindo: Comer bem, desfrutar de uma alimentação nutritiva e de um estilo de vida com menos estresse é uma escolha poderosa para fornecer ao seu corpo substâncias protetoras capazes de reforçar suas defesas naturais contra o câncer.

Ah! Mas se você não souber como manter uma alimentação equilibrada, talvez uma boa ideia seja procurar um profissional nutricionista para orientá-lo, ok?

Cuidem-se! Vejo vocês na semana que vem!

MATÉRIAS RELACIONADAS