Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fonte Grande

Fonte Grande

Colunista

Luiz Trevisan

Saneamento básico vira desafio até 2033

| 26/09/2021, 11:45 11:45 h | Atualizado em 26/09/2021, 11:49

Parece longe, mas faltam só doze anos, e diversos municípios capixabas ainda engatinham diante da corrida fixada pelo novo marco regulatório do saneamento nacional. O marco prevê que até 2033 os brasileiros terão 99% de água potável e 90% do esgoto coletado e tratado. Mas cidades como Colatina e Guaçuí, por exemplo, ainda não tratam o esgoto despejado nos rios, e em outros municípios esse tratamento é parcial. A Cesan, presente em 53 dos 78 municípios capixabas, atende hoje 93% com água tratada. O esgoto tratado alcança 54,1%. Até 2022, a empresa projetou investimentos de R$ 2,2 bilhões em melhorias desses sistemas.

Rio acima, rio abaixo
Em Colatina, a previsão é de que ainda neste ano começa o processo da coleta e tratamento do esgoto, por meio da Sanear, autarquia municipal. “De início, vamos tratar 50% do esgoto bruto. Já temos infraestrutura, como tubulações e interceptores, falta ativar a estação de tratamento”, informa o prefeito Guerino Balestrassi. Ele cita que o plano municipal de saneamento começou a operar em 2007. “Agora, precisa ser acelerado”, frisa.

A propósito
Hoje, são 35 milhões de brasileiros sem água tratada, e mais de 100 milhões sem coleta de esgoto.

NATUREZA DIVINA. Cantada em prosas, admirada por quem circula nas proximidades, a pedra “O Frade e a Freira” é vista aqui em novo ângulo, a partir da trilha turística que está sendo movimentada na região. Sua localização já gerou controvérsias entre lideranças dos municípios de Cachoeiro, Vargem Alta e Itapemirim. Por fim, salomonicamente, decidiu-se que o belo monumento natural, por estar na divisa desses territórios, pertence aos três municípios.

O Frade e a Freira
O Frade e a Freira |  Foto: Arquivo A Tribuna

Café vira moeda...
Café é hoje a melhor moeda mundial circulando, além de gerar renda, apontam produtores satisfeitos com as cotações. Nos últimos dias, a saca do conilon, carro-chefe da cafeicultura capixaba, pulou de R$ 700 para R$ R$ 800, e com tendência de alta até novembro.

...Sem escolta
Casal que transportava 720 sacas de café conilon foi assaltado no interior de São Mateus, recentemente. Sem escolta, conduzia R$ 470 mil em grãos, que na cotação atual valem ouro.

Conexão cachoeirense
Durante encontro com empresariado do comércio, o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, ouviu apelos pela desburocratização da máquina municipal, e melhorias na internet. A cidade possui hoje 34 pontos de internet livre, a meta é ampliar para 100 pontos. E o prefeito anunciou um plano de drenagem que irá atender a 19 bairros com recorrentes alagamentos.

Bem lembrado
Professora e jornalista, Glecy Coutinho aponta que ao se falar das melhores vilas turísticas do Espírito Santo – citadas em coluna do último domingo – não se pode esquecer “Demétrio Ribeiro”. Vila situada a quatro quilômetros de João Neiva, reduto de imigrantes italianos que lá chegaram em 1875. “É um brinco de pérola esquecido entre montanhas, com linda igrejinha no alto”, salienta. Antes da pandemia, muitos visitantes iam lá participar de musicais no “Casarão dos Violinos”.

Melhor não
Em Rio Bananal, o vice-prefeito Eristeu Giuberti elogiou a iniciativa do governo em recapear o trecho que liga a sede do município a Tiradentes, isso após 36 anos de reivindicações. Mas fez um apelo: “Se for para ter acostamento só de um metro, melhor não fazer a obra”.

CURTA

NOVA FÁBRICA. Será no próximo sábado a inauguração da fábrica da Selita, na Safra, em Cachoeiro. Nos dias 22 e 23 de outubro, a cooperativa celebra de forma híbrida seus 83 anos.
VITÓRIA VERDE. A capital capixaba vai ganhar 370 mil árvores, uma por habitante, segundo programa florestal iniciado pela prefeitura, no último dia 21, Dia da Árvore.
...ALIÁS. Nossas cidades ganhariam em qualidade de vida se, em vez de asfalto e pavimentações, as prefeituras priorizassem áreas verdes nos espaços urbanos.
CRISE HÍDRICA. Imagens recentes da represa do Rio Bonito, em Santa Maria de Jetibá, impressionam pela acentuada redução do nível das águas.
FILOSOFIA NA PANDEMIA. “Vou permanecer em silêncio!”. Frase mais ouvida na CPI da Covid, nos últimos dias. Virou o conhecido “circo do silêncio”.

MATÉRIAS RELACIONADAS