Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Fonte Grande

Fonte Grande

Colunista

Luiz Trevisan

Nova Câmara de Vereadores e outro teatro em Vila Velha

Coluna de Luiz Trevisan, publicada aos domingos em A Tribuna

Luiz Trevisan | 24/07/2022, 11:26 11:26 h | Atualizado em 24/07/2022, 11:27

A Prefeitura de Vila Velha negocia a compra de um novo imóvel, próximo à avenida Champagnat, avaliado em R$ 14 milhões, que deverá abrigar a futura sede da Câmara de Vereadores. A perspectiva é de que o negócio seja concretizado nos próximos meses.

A transferência é justificada pela defasagem do imóvel da atual a Câmara Municipal, situada na praça Frei Pedro Palácios, que tem limitações físicas para expansão, obras de acessibilidade e cabeamentos exigidos por inovações tecnológicas. Após a mudança, a atual sede do legislativo será demolida.

Em seu lugar será construído um teatro, que irá compor o conhecido Sítio Histórico e Cultural da Prainha, próximo ao Convento da Penha.

DANUZA LEÃO EM CENA DE CINEMA – Vista aqui numa cena de Terra em Transe, de Glauber Rocha, Danuza Leão mostra que a beleza e força da mulher capixaba vêm de longe, até alcançar agora o título de Miss Brasil 2022, com Mia Mamede. Sobrinha do advogado cachoeirense Eliseu Lofêgo, Danuza também se destacou como modelo e cronista. Ela foi definida por Bruno Torres Paraíso, escritor cachoeirense, como um “assombro da natureza”.

Cereja, lote na Lua

A definição por Ricardo Ferraço como vice, na chapa de reeleição do governador Renato Casagrande, embute a tal cereja do bolo. Caso Casagrande seja reeleito, nos últimos seis meses deverá passar o comando para o vice, para disputar outro cargo, como tudo indica. Mas se desistir, a tal cereja vira lote na Lua. E se houver desincompatibilização dos dois, a cereja vai para o bolo do então presidente da Assembleia Legislativa. 

Dias e noites após

E o ex-senador Ricardo Ferraço, hein? Do abril “despedaçado” de 2010 ao julho “reerguido” de 2022. E comprova que na política, sim, se pode viver mais de uma vez.

Lição básica

Alerta do ex-vereador Roberto Martins, que leciona “Cidadão do Futuro”, em escola de ensino médio de Vitória, disciplina sobre o processo político: “Cada vez mais pessoas se afastam do tema. E essa rejeição não é o melhor caminho”. Em outras palavras, o dramaturgo Bertoldo Brecht dizia: “O pior analfabeto não é aquele que não sabe ler. Mas sim o analfabeto político”. 

Porta se fecha...

O fechamento de livrarias tradicionais em Vitória – como a Multilivros e Saraiva – segue uma tendência que aponta para a necessidade de um novo modelo que incorpore diferentes produtos. Agora parece ser a vez do chamado “Café-Arte”, mesclando bebidas, comidinhas, espaço para eventos e, claro, livros destinados a diferentes faixas etárias. 

...Outra se abre

Com o lançamento do seu livro “Democracia: o Combustível da Primavera Árabe”, no Espaço Milfontes, o capixaba Thomaz Tommasi chamou atenção também para a chegada dos livros em conhecida área boêmia de Vitória, a chamada “Rua da Lama”, em Jardim da Penha. Lugar muito frequentado por estudantes, mais ainda com poucas opções culturais.

Novo romance

Prêmio Sesc nacional de Literatura, em 2021, o capixaba Caê Guimarães circula por Diamantina, (MG), enquanto avança na escrita do seu novo romance, “Dorsal Atlântica”.

CURTA

RESGATE. Repaginado, o restaurante Mar e Terra, em Santo Antônio, agora abre espaço para o samba, às segundas-feiras. E valoriza também o histórico Cais do Avião de Vitória, anexo.

MUDANÇA... Tradicional colégio Bernardino Monteiro, no centro de Cachoeiro, deixa de ser a sede da prefeitura, que passa a ocupar outro imóvel próximo ao antigo Clube Ita.

...PALÁCIO DA CULTURA. Com a mudança, o Bernardino Monteiro vira Palácio da Cultura, abrigando biblioteca e salas de exposições e eventos.

FOI ASSIM. Deni Almeida, que é colunista social de Linhares, está lançando a sua autobiografia, “Foi Assim”.

VIVA MIA. Além de trazer para o Espírito Santo o inédito título de Miss Brasil, a capixaba Mia Mamede mostra que mulher pode sim ser linda, engajada e inteligente.

FILOSOFIA NA PANDEMIA. “Duplicar rodovia e fazer cobertura vacinal são desafios sinuosos, no longo túnel do tempo”. Entreouvido em fila de padaria.

Seu limite gratuito de 15 matérias bloqueadas acabou...
Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos:
Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

MATÉRIAS RELACIONADAS