Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista Luiz Trevisan

Fonte Grande

Imagem do colunista Luiz Trevisan

Luiz Trevisan

Crise freia alta nas vendas de móveis

03/10/2021 11:01:30 min. de leitura

Após aumento superior a 30% nas vendas, nos primeiros meses deste ano, a indústria moveleira capixaba registra estagnação nos últimos 60 dias, o que é atribuído ao aumento do custo de vida, elevação de matéria-prima, achatamento salarial e redução do benefício social do governo.

Está contida a euforia das vendas, que foi associada à valorização dos interiores domésticos provocada pelo isolamento social. “Quando, na pandemia, o governo concedeu o primeiro benefício, injetou R$ 300 bilhões no mercado e ativou o comércio. Agora, o cenário é outro e de crise mundial”, avalia Paulo Nascimento, que integra o consórcio de empresas Placas do Brasil, unidade que opera madeira reflorestada, em Pinheiros, Norte do Estado.

Fio da sustentabilidade
O empresário Paulo Nascimento, ex-vice-prefeito de Linhares, cita a modernização do setor como um dos trunfos diante da realidade de crescente desequilíbrio ambiental: “O setor moveleiro não agride mais o meio ambiente, não gera pó, só trabalha com pinus e eucaliptos”.

Imagem ilustrativa da imagem Crise freia alta nas vendas de móveis
São Mateus Foto: Blog Fonte Grande/ Divulgação

ABALOU SÃO MATEUS. Nas comemorações dos 477 anos, o belo casario histórico de São Mateus e as ricas manifestações folclóricas da população ficaram em segundo plano diante da operação da PF que prendeu lideranças locais, inclusive o prefeito, acusados de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Núcleo de quilombolas, São Mateus merece dias melhores.

A propósito
A Suzano, reflorestadora de eucaliptos, detectou 44 bacias hidrográficas “mapeadas como críticas”, nas áreas de atuação da empresa. Revela que adotou ações de manejo e uso, para amenizar a crise hídrica, e fixou como meta “reduzir em 15% a água captada nas operações industriais”. Em tempo, informa que ainda não tem um projeto de dessalinização de água.

Referências capixabas
A morte do empresário Apolo Rizk, 73, fundador da Contauto e muito admirado pela classe empresarial, encerra um ciclo associado a marcas e nomes que fizeram história na economia capixaba, nos últimos 50 anos. Braspérola, Dadalto, Bonadiman e Giacomin são outras referências que saíram da vitrine.

Sete nomes, um destino
Marqueteiros de plantão listam sete possíveis candidatos ao governo, em 2022, a considerar a movimentação feita no dia a dia: Audifax Barcelos, Guerino Zanon, Erick Musso, Manato, Fabiano Contarato, César Colnago, além de Renato Casagrande buscando a reeleição. Porém, as composições devem reduzir a cinco o número de postulantes. Até agora, nenhuma mulher.

Onda de surfista
No primeiro swell da primavera, a onda Avalanche se ergueu perto da Praia da Costa, em Vila Velha, e atraiu surfistas até do exterior. É considerado um pico de ondas intensas, perigosas e de tubo longo, perfeito. Já outro pico elogiado por surfistas, na Barra do Riacho, próximo ao porto da Imetame, segue ameaçado pela construção de um píer no local.

Capixaba sobe
A partir de janeiro de 2022, o coronel do Exército Hermes Menna Barreto Laranja Gonçalves assume como adido militar do Brasil em Portugal. Para completar a alegria do pai, o ex-prefeito de Vitória Hermes Laranja, será homenageado pela PM-ES, na próxima sexta-feira. O coronel hoje comanda o 1º Batalhão de Tecnologia da Região Sul.

Curta

SANEAMENTO. Prefeitura de Colatina deve receber R$ 10 milhões da Renova, como parte de compensação por danos ao Rio Doce, e aplicar o montante no tratamento de esgoto.

SEGURANÇA... Sobe a pressão de lideranças para policiais militares usarem câmeras acopladas aos uniformes. Em Santa Catarina, isso reduziu em 61% a violência policial nas operações.

...TRANSPARÊNCIA. Em Guarapari, dias atrás, viralizou vídeo de mulher agredida por dois militares. A OAB-ES condenou a ação policial, Casagrande a classificou de “inaceitável”.

REABERTURA DO RU. Em 30 dias, reabre o restaurante da Ufes, com a volta de aulas híbridas. Em vez de bandejão, por causa da pandemia, refeições serão servidas em marmitex.

FILOSOFIA NA PANDEMIA. “Dosagem da manifestação contra governo vai causar vários efeitos colaterais”. Entreouvido por aí.