Login

Imagem ilustrativa da capa de fundo do colunista Rafael Guzzo

Economia ES

Imagem do colunista Rafael Guzzo

Rafael Guzzo

Duas montadoras chinesas podem produzir carros elétricos no Estado

30/04/2021 15:56:53 min. de leitura

Além da Keyton Motors, que, no início de março, surpreendeu o mercado ao anunciar a instalação de uma montadora de carros elétricos em Cariacica, mais uma empresa chinesa pode ser alvo do Estado. Desta vez, trata-se da Great Wall Motors (GWM).


A fabricante oriental, no momento, negocia com autoridades brasileiras, com olhar voltado para o Rio de Janeiro. Mas, na visão de representantes da Federação da Indústria do Espírito Santo (Findes), os incentivos fiscais da Sudene, oferecidos no Norte/Noroeste, são um atrativo que podem trazer o investimento para o solo capixaba.


A presidente da Findes, Cris Samorini, revelou que fez a indicação ao governo do Estado sobre o projeto da GWM. Responsável pela atração de investimentos, a Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides) informou que está aberta para negociar com a empresa.


Se as negociações com autoridades brasileiras avançarem, a Great Wall Motors pretende iniciar oficialmente as operações no Brasil em 2022, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.
Fundada em Baoding (China) em 1984, a Great Wall Motors é a maior montadora privada do país. E fechou com a BMW parceria para a produção de veículos elétricos no ano passado.
A empresa está presente na Argentina e na Bolívia, e tem o Chile como seu principal mercado na América do Sul.