Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Carnaval 2020

Carnaval 2020

Colunista

<span class="d-md-none font-weight-light">Patrocínio</span>

Bloco desfila em Jardim da Penha e abre o Carnaval em Vitória

| 08/02/2020, 20:58 20:58 h | Atualizado em 09/02/2020, 20:05

Imagem ilustrativa da imagem Bloco desfila em Jardim da Penha e abre o Carnaval em Vitória

Os capixabas já começam o aquecimento para o Carnaval. O abre-alas da folia é feito pelos tradicionais blocos carnavalescos nos bairros.

Na tarde deste sábado (8), centenas de foliões tiraram as fantasias dos armários e encheram as ruas de Jardim da Penha, em Vitória, para curtir o bloco Antimofolia, que tinha a autorização da prefeitura da capital para desfilar no local.

A concentração do bloco começou às 15 horas, na avenida Anísio Fernandes Coelho, mais conhecida como Rua da Lama. Os foliões seguiram até a praça Wolghano Neto e o bloco terminou na praça Philogomiro Lannes.

Os amigos Cícero, Thaiane, Taynara, Fernanda, Flaviane, Jéssyca e Talita.
Os amigos Cícero, Thaiane, Taynara, Fernanda, Flaviane, Jéssyca e Talita. |  Foto: Kadidja Fernandes

Algumas amigas do time de futsal União Serra escolheram fazer o esquenta do Carnaval no bloco. "Está bem organizado e estamos nos sentido seguras", elogiou Flaviane Demetri, de 21 anos.

Ela foi ao bloco acompanhada das amigas Thaiana, Jéssyca, Taynara, Fernanda, Talita e do amigo Cícero. Todos, devidamente fantasiados, participaram do evento pela primeira vez.

Quem também debutou no bloco Antimofolia foram Mateus Nunes e Raphael Ribeiro Miranda, ambos de 18 anos. Eles saíram às ruas vestidos de anjos. "Curto o Carnaval de bloquinho sempre no centro de Vitória, mas aqui é a primeira vez", contou Mateus.

Marcos Sanches e Arlane Marinho foram fantasiados de fada e bruxa.
Marcos Sanches e Arlane Marinho foram fantasiados de fada e bruxa. |  Foto: Kadidja Fernandes

Já o servidor público Marcos Sanches, de 31 anos, já conhecia o bloco e voltou este ano, dessa vez, vestido de fada e acompanhado da professora Arlane Marinho, 27, que foi de bruxa.

"Para mim, foi o melhor bloco de Vitória no ano passado. A gente estava vendo as fantasias e vimos o chapéu de bruxa para ela. Depois, vi a varinha de fada e veio a ideia da fantasia de fada", disse Marcos.

Arlane batizou a fantasia do servidor de Fada Peixesmar. "Peixes porque é o signo dele, e mar de Marcos e de amor", explicou.

Policiais militares, agentes da Guarda Municipal e fiscais de Posturas da prefeitura acompanharam o bloco, para evitar crimes e irregularidades e dar segurança aos foliões.

MATÉRIAS RELACIONADAS