Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

AT em Família

AT em Família

Colunista

Tratamentos de beleza que não exigem pausa na rotina

| 15/10/2020, 21:30 21:30 h | Atualizado em 15/10/2020, 21:40

Especialistas afirmam que, embora sejam menos agressivos, procedimentos podem ser combinados e ter o mesmo resultado
Especialistas afirmam que, embora sejam menos agressivos, procedimentos podem ser combinados e ter o mesmo resultado |  Foto: Divulgação

Procedimentos estéticos que demandam tempo de repouso estão com os dias contados! Nos consultórios médicos e clínicas de estética, os especialistas percebem a procura dos pacientes por tratamentos que não exigem pausa na rotina e dispõem de várias opções que respeitam essa exigência.

Criolipólise, intradermoterapia, ultrassons micro e macro focados, botox e alguns tipos de peelings são exemplos de tratamentos sem down time, ou seja, sem tempo de inatividade.

Com a rotina corrida, as pessoas dificilmente dispõem de tempo para paralisar seus compromissos. E quando conseguem tirar alguns dias de folga, preferem curtir momentos de lazer.

A dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Karina Mazzini observa que as pessoas têm procurado tratamentos menos invasivos e que permitem o retorno imediato às atividades diárias.

“Podemos aliar a tecnologia em diversos tratamentos faciais e corporais, que teremos resultados contundentes. O paciente chega ao consultório, realiza o procedimento e na sequência pode sair para o trabalho ou outro compromisso normalmente”, reforça Karina, lembrando que o tempo reduzido de recuperação se deve aos avanços tecnológicos na área da beleza.

A dermatologista Juliana Drumond afirma que é possível alcançar resultados satisfatórios sem sofrimento e sem abrir mão de suas tarefas.

“Esses procedimentos menos agressivos oferecem o mesmo resultado que aqueles que exigem repouso. Dependendo do tratamento, fazemos mais de uma sessão ou então podemos associar duas tecnologias que não requerem que a pessoa precise se afastar das atividades do dia a dia.”

A biomédica esteta Nívea Martins da Rosa Oliveira reforça que o que dita um bom resultado final é a procura por um profissional devidamente habilitado e qualificado, assim como os cuidados pós-tratamento e o seguimento das recomendações que são passadas para o paciente.

“Com a união desses fatores, não tem como dar errado. Lembrando que, apesar de não haver necessidade de pausa na rotina, todos os procedimentos estéticos exigem cuidados a serem seguidos para obter um resultado efetivo e evitar possíveis intercorrências.”

Rotina corrida

O ritmo de vida da empresária do ramo imobiliário Leticia Rody requer sábio aproveitamento do tempo, por isso os tratamentos são bem pensados.

Vaidosa, ela vai à dermatologista periodicamente. Para ela, as técnicas que não causam hematomas e nem deixam a pele dolorida são as mais vantajosas. “Tenho vida muito dinâmica e corrida. Qualquer procedimento que me freie, que me faça ficar em casa, deixa de ser interessante para mim”, avalia.

Sem parar o trabalho

A avicultora Alessandra Berger, 49 anos, tem o hábito de pelo menos uma a duas vezes por ano fazer algum procedimento estético para cuidar da pele, que sente os efeitos da idade e da chegada da menopausa.

“Eu procuro sempre me informar sobre o procedimento total, principalmente como é feito e quanto tempo dura para ser realizado”, afirma. “O tempo de repouso para mim, que trabalho todos os dias, é de muita valia, então quanto antes retornar ao trabalho, melhor.”


Os procedimentos


  1. Ultrassom microfocado: Trabalha em diferentes camadas da pele, estimulando a produção de colágeno na face ou no corpo. O aspecto avermelhado sai em meia hora.
  2. Laser Zye: Estimula a produção de colágeno, clareia a pele e fecha os poros. Só é preciso evitar o sol por uma semana.
  3. Botox: Melhora o contorno da face, trata rugas e também é utilizado para volumizar lábio, queixo e bigode chinês. A recomendação é não deitar por 4 horas, não massagear o local e evitar exercícios físicos por 24 horas.
  4. Radiofrequência monopolar focada: Atua contra flacidez e celulites. São indicadas seis sessões, sendo uma por semana, para bumbum, abdômen, coxa ou culote. Não há restrições.
  5. Criolipólise: Reduz a gordura localizada do abdômen, pernas, costas, flancos, braços, costas e cintura. Não impede a pessoa de seguir com a rotina, mas pode ser incômodo fazer exercícios no dia, já que a região fica dolorida.
  6. Radiofrequência robótica microagulhada: Microperfurações de alta precisão que emitem calor na pele estimulam a produção de colágeno, tratam cicatrizes de acne e fecham os poros. São indicadas três sessões. Apenas a exposição solar direta deve ser evitada por uma semana.
  7. Laser 1064: Estimula a produção de colágeno e compacta a gordura. O rosto fica avermelhado por meia hora, mas não é limitante.
  8. Ultrassom macrofocado: Queima células de gordura, além de possibilitar a produção e até a remodelação do colágeno e o aumento da espessura da pele. Não requer repouso.
  9. Intradermoterapia: Para redução de gordura localizada, estrias, celulite e tratamentos faciais. Os cuidados são usar roupas leves, em caso de procedimento corporal, e, se no rosto, utilizar o protetor solar.
  10. Peelings: Alguns deles, como os físicos, químicos, enzimáticos, de cristal e de diamante, exigem apenas evitar exposição solar direta e aplicar filtro a cada três horas.

Fonte: Especialistas entrevistadas.

MATÉRIAS RELACIONADAS