search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Bilionário faz voo de alto risco ao espaço

Notícias

Publicidade | Anuncie

Internacional

Bilionário faz voo de alto risco ao espaço


Oliver, Wally, Jeff e Mark Bezos vão estar no voo do New Shepard, que durará 11 minutos (Foto: Blue Origin / Divulgação e Reprodução / Instagram)Oliver, Wally, Jeff e Mark Bezos vão estar no voo do New Shepard, que durará 11 minutos (Foto: Blue Origin / Divulgação e Reprodução / Instagram)

Quando embarcar nesta terça-feira (20) a bordo do foguete New Shepard, de sua empresa Blue Origin, o bilionário fundador da Amazon, Jeff Bezos, estará realizando um sonho de infância, junto com o irmão Mark, mas também correndo um tremendo risco.

Afinal, nas 15 vezes que o impulsionador reutilizável foi ao espaço, não havia uma única pessoa a bordo.

Os voos da Blue Origin são projetados para serem autônomos: um conjunto de cápsula e foguete de 18,3 metros de altura, operáveis exclusivamente do exterior.

O lançamento começará às 8h30 (de Brasília) e será transmitido ao vivo pelo site da Blue Origin. O voo deve decolar às 10 horas.

Ou seja, nesse primeiro voo tripulado, estarão a bordo apenas os irmãos Bezos, a astronauta pioneira Wally Funk e o estudante holandês Oliver Daemen, de 18 anos, que ganhou a passagem de US$ 28 milhões (R$ 143 milhões) do seu pai.

O New Shepard foi projetado para levar até seis passageiros até a borda do espaço, a 100 km de altura, onde eles experimentarão a sensação de ausência de peso por três minutos, quando poderão flutuar livremente ao redor da cabine, curtindo o impressionante visual.

Após os 11 minutos de voo, a cápsula será puxada pela gravidade e retornará de paraquedas à Terra.

Um voo como o da Blue Origin “é cerca de 10 mil vezes mais perigoso do que voar em um avião comercial”, explica o ex-administrador da agência reguladora Federal Aviation Administration (FAA) George Nield à revista Insider.

Com 30 anos de experiência em voos aeroespaciais, Nield garante que cerca de 1% dos voos espaciais humanos nos EUA resultaram em acidentes fatais.

Em abril, o diretor sênior da Blue Origin, Gary Lai, divulgou um vídeo, explicando que o New Shepard conta com um eficiente sistema de fuga, projetado para “afastar os astronautas e colocá-los em segurança”.

Se ocorrer alguma falha do foguete, a cápsula que carrega os passageiros é programada para se separar do impulsionador e escapar do acidente.

Jeff Bezos, porém, garante que a viagem é segura. “Nós sabemos que o veículo é seguro e que se não for seguro para mim, então não é seguro para ninguém”, disse.

A viagem de Bezos acontecerá dias depois de outro bilionário americano ir ao espaço no primeiro voo suborbital em uma espaçonave desenvolvida para fins comerciais. Richard Branson viajou com dois pilotos no foguete da sua empresa Virgin Galactic.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.