search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Bandeira branca
Painel da Folha de São Paulo

Bandeira branca

O governo Bolsonaro fez, em um só dia, ao menos cinco gestos de paz, feito inédito neste um ano e meio. Foram três atos do Presidente: discurso conciliador ao lado de Dias Toffoli, escolha na Educação fora da ala ideológica e homenagem a vítimas de Covid, ao som de Ave Maria.

Fábio Faria (Comunicações) anunciou diálogo com a imprensa e o general Ramos (Secretaria de Governo), sua ida à reserva do Exército, rompendo vínculo que incomodava os demais poderes.

Tem mais
Hoje, o ministro da Justiça, André Mendonça, vai apresentar à imprensa resultados de operações e apreensões de bens do tráfico de drogas e, para isso, chamou secretários estaduais, o que está sendo tratado como novidade.

Novo
Sob Sergio Moro, também com incentivo de Bolsonaro, o governo federal era acusado de usar resultados obtidos nos Estados para se gabar de redução de índices de criminalidade.

Descanso
O evento marcará também a primeira aparição pública do novo diretor-geral da Polícia Federal. Com menos de dois meses no cargo, Rolando de Souza está em férias, mas o ministério confirmou sua participação.

Acerto
Líderes de partidos colocaram na mesa de negociação o que querem para votar o adiamento da eleição: R$ 5 bilhões para prefeituras até dezembro, para que os gestores municipais fiquem blindados da crise do coronavírus.

Grana
Segundo esses políticos, a conta fecha sem que o governo precise colocar dinheiro novo. Há R$ 5,3 bilhões “sobrando” da medida provisória (MP) 938, que reservou R$ 16 bi para recompor perdas na pandemia. A queda, porém, foi menor, de R$ 11 bilhões.

Remendo
O relator da MP, Hildo Rocha (MDB-MA), quer incluir o pagamento do valor não utilizado em cinco parcelas. O texto será apresentado na semana que vem. Líderes dizem que discutem ainda outras questões eleitorais, como tempo de TV, para tentar acertar o adiamento. No sábado, deve ocorrer uma reunião com Rodrigo Maia (DEM-RJ) sobre o tema.

Checagem
Três vídeos com alto compartilhamento no WhatsApp dizem que o uso de máscara como prevenção contra a Covid-19 diminui a imunidade e aumenta a chance de infecção – o que contraria as orientações médicas. As fake news foram compartilhados em 114 dos 465 grupos monitorados pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV.

Enfim
Parlamentares esperam para hoje a sanção do projeto de auxílio a profissionais da cultura afetados pela pandemia. O texto foi aprovado no Congresso no dia 4. A previsão é que o governo repasse R$ 3 bilhões ao setor.

Recorde
A Polícia Federal concedeu neste ano a maior quantidade da história de autorizações de posse de arma para o período de janeiro a maio. Foram 58.997 novas permissões, quase o triplo do ano anterior (19.162). Do total, 36.076 foram para pessoas físicas. Segundo decreto, o armamento deve permanecer guardado no imóvel do dono.

Política
O armamento da população coincide com as medidas de flexibilização e incentivo do governo Bolsonaro. Na reunião ministerial que se tornou pública, o Presidente falou que queria armar a população. “Eu quero todo mundo armado. Que povo armado jamais será escravizado.”

Oposto
A decisão da 3ª Câmara Criminal do TJ-RJ de conceder foro especial para Flávio Bolsonaro contraria determinações do Supremo, avaliam ministros da corte. Casos do ex-presidente Michel Temer foram usados para ilustrar a contradição.

Jurisprudência
As investigações do emedebista foram enviadas para a primeira instância – na época dos fatos, ele estava deputado, depois vice, depois presidente, mas agora ele não tem mandato e, por isso, não tem foro. Ministros dizem que a expectativa é que a decisão de ontem seja revertida, no STJ ou no próprio Supremo.

Tiroteio
“Parece déjà vú. O governo agora fala em escadinha. Quando chegar aqui (na Câmara), vamos trabalhar para pagar R$ 600”. Do deputado Marcelo Aro (PP-MG), que relatou a criação do auxílio emergencial, sobre a nova proposta do governo.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Olho no olho

As agendas de Jair Bolsonaro em estados, em clima de campanha, têm provocado incômodo e desconfiança. Atacados durante o primeiro semestre por causa de medidas durante a crise do coronavírus, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Estilhaços

Apesar da saída de Salim Mattar e Paulo Uebel, dois dos auxiliares mais ligados à agenda liberal, quem conhece Paulo Guedes diz que ele não vai pedir demissão. “PG não sai. Tem consciência de que é o …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Merecimento

A decisão do Tribunal de Justiça de SP de criar até 19 Câmaras Extraordinárias para reduzir o acervo de 120 mil processos pendentes de julgamento poderá render um extra de até cerca de R$ 100 mil …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Essa tal liberdade

Em manifestação anterior à decisão da suspensão das contas nas redes sociais de bolsonaristas no âmbito do inquérito das fake news por Alexandre de Moraes, o procurador-geral da República, Augusto …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Efeito colateral

Sem contar os óbitos de Covid-19, o Brasil teve, entre os meses de março e junho, 23% de mortes a mais do que o esperado para o período, segundo levantamento do Conselho Nacional de Secretários da …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Novo normal

A revelação de novos repasses do amigo de Jair Bolsonaro à primeira-dama uniu bolsonaristas e integrantes do centrão. Dos dois lados o discurso foi o mesmo: apostam que os R$ 89 mil depositados pela …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao infinito e além

A principal tese que circula, por ora, nos bastidores do Congresso e do Judiciário para validar a recondução de Davi Alcolumbre (DEM-AP) teria como consequência prática a possibilidade de eternizar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na saúde e na doença

Damares Alves, que levou pautas da sua base evangélica (ela é pastora) para o ministério que chefia, está preparando um guia classificado como inédito para instruir municípios a fortalecer “vínculos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vencimento

Vencimento A pouco mais de uma semana da marca de 90 dias com Eduardo Pazuello no cargo de ministro interino da Saúde, o governo federal não dá sinais de que vá tirá-lo da posição. Quando …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fla x Flu

Os movimentos do PGR, Augusto Aras, para acessar os bancos de dados das forças-tarefas da Lava Jato são vistos por parte dos procuradores como uma corrida dele contra o tempo para ser escolhido para …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados