search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Atriz é criticada ao se fantasiar de índia

Entretenimento

Famosos

Atriz é criticada ao se fantasiar de índia


Alessandra: “A luta é de todos. Por isso tive a ousadia de me vestir assim” (Foto: AGNews)
Alessandra: “A luta é de todos. Por isso tive a ousadia de me vestir assim” (Foto: AGNews)
Vestida com um maiô preto que evidenciava sua boa forma e usando adereços e pinturas corporais fazendo referência à cultura indígena, a atriz Alessandra Negrini, aos 49 anos, gerou polêmica pela escolha da fantasia.

A produção foi para o desfile do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, em São Paulo, no domingo. Alessandra Negrini é a musa do bloco.

Feminista e empoderada, atriz explicou a produção cheia de referências e afastou as críticas de apropriação cultural ao usar um cocar e pintura espalhada por parte de seu corpo. “Hoje, a rainha está recebendo convidados”, comentou, fazendo referência à líder indígena brasileira Sônia Guajajara e a outras mulheres presentes no evento.

“Hoje, para mim, a questão indígena é a central deste País. Ela envolve não somente a preservação da cultura deles como a preservação das nossas matas. A luta indígena é de todos nós e por isso eu tive a ousadia de me vestir assim”, disse a atriz ao jornal Folha de São Paulo.

Acompanhada

A atriz estava acompanhada pelo filho, o ator Antonio Benício, e por índias. Antonio é filho de Alessandra com o ator Murilo Benício.

O bloco era um dos mais esperados do pré-Carnaval de São Paulo e este ano homenageou a cantora Elza Soares.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados