search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

As Forças Armadas no atoleiro do coronavírus
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


As Forças Armadas no atoleiro do coronavírus

Exatos dois meses após Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Governo) terem minimizado, em coletiva, o impacto da Covid-19 no País, é cada vez maior a percepção, dentro e fora das Forças, de que os militares se meteram num atoleiro.

Em 15 de maio, quando a dupla de ministros-generais espremeu dados para dizer que comparações entre países deveriam ser proporcionais a suas populações, o Brasil somava quase 15 mil mortes. Desde então, mais 60 mil brasileiros morreram. É o nosso Vietnã, comparou um militar à Coluna.

Cloroquina... O impasse colocado neste momento, em linhas gerais, é: se deixar o Ministério da Saúde sem ter apresentado resultados expressivos, Eduardo Pazuello sairá chamuscado da experiência, e a propalada “eficiência gerencial” das Forças ficará abalada.

...pura. A enorme quantidade de comprimidos de cloroquina encalhados nos laboratórios do Exército enquanto faltam medicamentos nas UTIs dá uma ideia do problema.

Brejo. Historicamente, a Guerra do Vietnã (1955-1975) ficou conhecida como o grande atoleiro em que se meteram as Forças Armadas norte-americanas: não sabiam como sair.

Fica… Apesar da pressão de colegas de farda, o general Pazuello ainda conta com respaldo de secretários municipais por dois motivos: 1) trocar de novo de ministro no meio da pandemia não ajuda; 2) tem o apoio do Presidente.

…você. “O ministério precisa de alguém que tenha boa interlocução com a Economia, o Congresso e a confiança do Presidente. Não adianta ter ministro com currículo invejável se não tem alinhamento”, disse Willames Freire, do conselho das Secretarias Municipais de Saúde.

Cadê? Apesar disso, os municípios ainda batalham para receber R$ 11,5 bilhões prometidos pelo governo. A promessa é de pagamento até o fim de semana.

CLICK. A primeira reunião do novo time de vice-líderes do governo com o líder, Major Vitor Hugo. Mudança quer fortalecer apoio a Bolsonaro.

Não tá comigo. Sobre a falta de testes, a culpa, conforme a reunião, caiu no colo dos Estados. Não teriam repassado para laboratórios com maior capacidade de testagem.

Errou. Gilmar Mendes acertou ou errou ao criticar os militares? “Relacionar um inexistente genocídio no Brasil à atuação das Forças Armadas, além de ser injusto, demonstra desconhecimento do trabalho atual dos nossos soldados e profundo desrespeito por suas histórias”, diz o deputado Major Vitor Hugo

Acertou. “O ministro não desrespeitou as Forças Armadas, e nem o faria. Esta crise, construída artificialmente, parece ter a pretensão de desviar a atenção da população em relação ao evidente fracasso das políticas de combate à Covid-19”, diz Marco Aurélio de Carvalho, do Prerrogativas.

Pressão I. Um grupo de 17 governadores, entre eles Rui Costa (PT-BA) e Ronaldo Caiado (DEM-GO), enviou carta a Bolsonaro: pede para o Presidente não vetar trecho que renova contratos em vigor, sem licitação, por mais 30 anos. Ou seja: dá sobrevida às estatais.

Pressão II. Os governadores acusam movimentos corporativos pelo veto. Se ele ocorrer, segundo diz a carta, criará insegurança jurídica e paralisará obras em andamento.

Pronto, falei!

"Lúbia Vinhas, coordenadora-geral no Inpe, foi demitida porque não escondeu recordes de desmatamento. Se tivesse mentido, ela teria sido promovida?”

Arthur Virgílio, prefeito de Manaus (PSDB)
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Lava a Jato comemora apoio de Flávio a Aras

A Lava a Jato de Curitiba comemorou em privado o apoio hipotecado em público por Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) a Augusto Aras, considerado hoje o inimigo número um da temida força-tarefa. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Auxílio dá fôlego a “bolsonaristas” no Nordeste

Embora diga que não apoiará ativamente nenhum candidato nas eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro caminha para contar com uma rede de apoio no Nordeste, região onde ele foi menos votado em …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Decisão de Fachin ajuda Dallagnol no CNMP

Um dos efeitos da decisão de Edson Fachin de interromper o compartilhamento de dados das forças-tarefa com a Procuradoria-Geral da República deve ser o de enfraquecer, no CNMP (Conselho Nacional do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Muda Senado encampa defesa da Lava a Jato

Principal apoio político da Lava a Jato, o grupo Muda Senado quer intensificar a reação aos ataques que o procurador-geral da República, Augusto Aras, tem desferido contra a operação. Os senadores …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O mapa da guerra contra Dallagnol no CNMP

Os conselheiros críticos ao “lavajatismo” no CNMP trabalham contra o relógio nas próximas três semanas para garantir apoios suficientes pela remoção de Deltan Dallagnol da força-tarefa da Lava a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Dados preliminares são água fria para Mourão

Dados preliminares sobre focos de incêndio na Amazônia em julho devem deixar o governo federal em situação ainda mais desfavorável diante da pressão pela preservação do meio ambiente. Até …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Mourão preocupado com “teto” na Amazônia

Pressionado a apresentar resultados para o meio ambiente, Hamilton Mourão busca alternativas para destravar o uso do Fundo Amazônia. Uma vez resolvida a questão da governança (novas regras para a …


Exclusivo
Coluna do Estadão

China vê “politização” de relações comerciais

Em meio ao que especialistas estão chamando de nova “guerra fria”, o porta-voz da embaixada da China no Brasil, Qu Yuhui, alerta para uma “politização”, promovida pelos EUA, de temas comerciais entre …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Congresso deixa de lado poder de fiscalização

A prerrogativa de fiscalizar foi deixada de lado pelo Congresso neste ano. Dos 87 requerimentos de convocação de autoridades do Executivo, apenas um foi aprovado pelo Senado. Somente na Câmara, foram …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Reforma mantém MDB na órbita governista

A saída do MDB do Centrão foi mais um passo da sigla em busca de reposicionar sua imagem e fincar bandeira no meio-campo do atual jogo político-partidário brasileiro, comandado por Jair Bolsonaro …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados