search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Área pública impõe sacrifícios, e se finge de morta
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Área pública impõe sacrifícios, e se finge de morta

Representado pelos Três Poderes, o setor público cria leis e decretos e só comunica ao setor privado, que o sustenta, quanto vai custar a crise em empregos suprimidos e empresas quebradas. Inventam suspensão de contrato, põem 25 milhões de pessoas na fila do seguro-desemprego, pintam e bordam.

Quanto a eles, muitos marajás, fingem-se de mortos. Nem um grama de sacrifício, nada. Continuam com salários integrais, regalias, mordomias, penduricalhos, jatinhos da FAB e carros oficiais à disposição. O Brasil gastou R$ 928 bilhões com servidores só em 2019.

Marajás unidos jamais...

...serão vencidos: chefes dos poderes que têm mais marajás, Dias Toffoli (STF) e Rodrigo Maia (Câmara) têm um pacto contra a redução.

Atitude vergonhosa

Câmara e Senado fecharam na gaveta (e jogaram a chave fora) projetos prevendo a redução ou a suspensão dos salários dos parlamentares.

O País que se exploda

A pelegada das chamadas “carreiras de Estado” já se posicionou contra a redução de salários. Cinicamente, acham que “não precisa”.

Desempregados há um ano vão ficar sem ajuda

A legislação aprovada no Congresso vai deixar sem acesso ao auxílio de R$ 600 do coronavoucher milhares de desempregados que buscam trabalho há mais de um ano. É que um dos itens proíbe o pagamento, nesta sexta-feira (3), em abril de 2020, a quem estava empregado em 2018, há quase um ano e meio atrás. O item perverso e sem sentido foi aprovado por deputados e senadores e não está entre itens vetados pelo Presidente.

Políticos não se importam

Não importa se está desempregado há mais de um ano, quem ganhou R$ 28.559,71 (cerca de R$ 2,2 mil mensais), em 2018, ficará sem nada.

Mais gente de fora

Estão fora ainda aposentados, pensionistas e outros com renda familiar acima de 1/2 salário mínimo por pessoa ou três salários mínimos no total.

País do cadastro

O motivo do corte, mais uma vez, é a falta de cadastro, pois os dados de renda da Receita, utilizados para cruzamento, são relativos a 2018.

Maior cara lisa

Agora foi a vez de Dilma afirmar à Polícia Federal que “nunca ouviu falar” na gorda conta bancária que Joesley Batista abriu para ela no exterior. O chefe da quadrilha, que nunca sabia de nada, também “não conhecia” quem reformou de graça o seu tríplex no Guarujá e seu sítio em Atibaia.

Cenoura pendurada à frente

A estratégia de Rodrigo Maia para repórteres esquecerem a história de cortar salários e regalias no setor público: se citarem o assunto, dá um jeito de criticar o governo. Ataque ao governo sempre ganha prioridade.

Impacto gravíssimo

O ministro Marcelo Álvaro Antonio revelou que o setor do Turismo foi o primeiro impactado pela crise do coronavírus: “Há áreas que foram de 100% de faturamento para 0%”, destacou. Uma tragédia.

Sonho acabou

Sem qualquer mudança no calendário eleitoral, acaba neste sábado o prazo de registro de estatutos de novos partidos e, com ele, o sonho do Aliança, do presidente Jair Bolsonaro, de disputar as eleições deste ano.

Fogão no coração

De vez em quando Mandetta deixa escapar um certo saudosismo dos anos em que viveu no Rio, estudando Medicina na Gama Filho. Na mesma época, o primo Fábio Trad, hoje deputado federal, estudava Direito na Uerj. E a dupla não perdia jogos do Botafogo, time do coração.

Números não mentem

O Brasil, com população 20 vezes maior que Portugal e 12 vezes maior que a Holanda, descobriu o primeiro caso do coronavírus antes que os dois países e tem, em números totais, menos casos. São 7,9 mil aqui, com 212 milhões de habitantes, 9 mil em Portugal e 14 mil na Holanda.

Não vai somar

Sócio da C&V Contabilidade, o contador Vinícius Vasconcelos lembra a quem recebe Bolsa Família que eles não vão acumular o benefício com o coronavoucher de R$ 600. “Será pago o que tiver maior valor”, avisa.

Pensando bem...

...há vida após o apocalipse.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

AGU se esquivou de habeas corpus para Weintraub

Provocou mal-estar no Planalto a omissão da Advocacia-Geral da União (AGU) na iniciativa de impetrar habeas corpus em favor do ministro Abraham Weintraub (Educação), para evitar o depoimento à …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Inquérito no STF é só para apurar crimes no tribunal

O artigo 43 do regimento do Supremo Tribunal Federal (STF), no qual se baseia a investigação que fez do gabinete do ministro Alexandre de Moraes uma delegacia de polícia, autoriza apenas a instauraçã…


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Provas” no inquérito de Moraes são nulas, alega MP

São imprestáveis as eventuais provas recolhidas pela Polícia Federal na operação de ontem contra críticas, fake news e ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A advertência é de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Complica situação de Skaf na Fiesp, após virar réu

O clima pode esquentar na reunião de diretoria, hoje, da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Será a primeira depois que seu presidente, Paulo Skaf, virou réu na Justiça. Ele é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pesquisa: governo federal combate mais a Covid-19

A responsabilidade pelo combate ao coronavírus é dos governos estaduais e municipais, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), mas para a maior parte dos brasileiros (31,2%) o governo federal é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Temer se recusou a assinar MP que o STF alterou

Burocratas ligados à área econômica do governo federal tentam já há algum tempo emplacar uma medida provisória que vire lei protegendo-os de punição por erros que tenha cometido no exercício de suas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Vídeo revela relação desgastada com Sergio Moro

Na reunião presidencial de 22 de abril, que o ministro Celso de Mello (STF) jogou no ventilador sem qualquer utilidade para o inquérito que motivou sua apreensão, o presidente Jair Bolsonaro já …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Celso de Mello libera vídeo e toca fogo no circo

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), não explicou a utilidade da sua decisão de liberar quase a íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Experiente, o decano …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Centrão: não haverá “toma lá, dá cá” com o governo

O deputado Arthur Lira (AL), líder do PP e do “Centrão”, confirma as conversações com o governo Bolsonaro, mas deixou claro que é “tudo feito às claras”, sem subterfúgios, sem “é dando que se recebe” …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Frias fatura e Regina ganha Cinemateca quebrada

A atriz Regina Duarte descobriu amargamente que política e Brasília não são para principiantes. Após meses driblando armadilhas, cascas de banana e traições, ela desistiu quando viu o presidente Jair …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados