search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Aprovado projeto que proíbe radares ocultos nas rodovias estaduais

Notícias

Publicidade | Anuncie

Política

Aprovado projeto que proíbe radares ocultos nas rodovias estaduais


A Assembleia Legislativa do Estado aprovou sessão ordinária híbrida desta segunda-feira (13) um projeto de lei que proíbe radares ocultos nas rodovias estaduais.

Radar de velocidade na Rodovia do Sol, Vila Velha (Foto: Dayana Souza / AT)Radar de velocidade na Rodovia do Sol, Vila Velha (Foto: Dayana Souza / AT)

O objetivo é tornar obrigatória que a medição de velocidade em vias urbanas e rodovias estaduais seja feita com radares com registro luminoso da velocidade, de modo a facilitar a visualização pelos motoristas.

O Estado conta com 156 radares sob supervisão do Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER-ES).

O projeto tramitou na Casa em regime de urgência e recebeu parecer favorável das comissões de Justiça, Mobilidade Urbana e Finanças.

Autor do PL, o deputado estadual Bruno Lamas, defende que os radares luminosos desempenham um papel educativo e preventivo com relação aos acidentes de trânsito.

“Os capixabas ganham muito com esse projeto. Agradeço o apoio dos parlamentares, isso mostra que o espírito coletivo é possível e funciona”, disse o deputado em sessão no Plenário.

O projeto deve ser encaminhado para análise do Executivo, que tem 15 dias úteis para aprovar e tornar lei.