search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

ANS fatura com clientes lesados pelos planos
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


ANS fatura com clientes lesados pelos planos

A ANS não se envergonha de mostrar que a prioridade não é o cidadão prejudicado pelos planos de saúde. Muito esperta, a agência reguladora multou uma operadora, Allcare, por rescindir unilateralmente os planos contratados.

Assim, o cliente lesado receberá R$ 3 mil e outros R$ 2 mil para o caso de não ser incluído em outro plano. Mas para a própria ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) é de R$ 10 mil a multa por cliente lesado e não informado das mudanças.

“Subsidiário”
A ANS quer R$ 10 mil por consumidor prejudicado a título de “obrigação subsidiária”. Sem contar a multa por descumprir o termo de ajustamento.

Multa também
O Termo de Ajustamento prevê multa de R$ 15 mil por cliente, além de R$ 5 mil por cláusula descumprida, mas a ANS fica com a maior parte.

Consumidor
sempre perde
Na “melhor” das hipóteses, o consumidor que teve seu plano rescindido sem aviso receberá R$ 5 mil, e ainda fica sem plano de saúde.

A gente paga a conta
A regra na ANS é priorizar planos de saúde e não os clientes que pagam caro para mantê-los e para bancar ricos salários na agência reguladora.

Recife causa
espanto com gastos sem licitação
Além de provocar estupefação, os gastos sem licitação no Recife para o combate ao coronavírus fazem esperar a qualquer momento mais uma operação policial. Levantamento divulgado pela deputada Priscila Krause (DEM) revela que a Prefeitura do Recife, controlada pelo PSB, torrou R$ 670,2 milhões ignorando licitação. O triplo dos R$ 226,2 milhões gastos pela Prefeitura do Rio de Janeiro, cidade quatro vezes maior.

Mais que São Paulo
Oito vezes maior que o Recife, a rica São Paulo gastou 42% a menos sem licitação em materiais de combate à Covid-19.

Alô, MPF; alô, PF
A Prefeitura do Recife (foto) gastou sem licitação 95 vezes mais que Manaus, 40 vezes mais que Belém e 38 vezes mais que a maranhense São Luís.

Gestão milionária
A Prefeitura do Recife gastou sem licitação, por exemplo, R$ 191,1 milhões em “gestão de hospitais”. Deve ter alguns gestores muito felizes.

O País que se exploda
Logo depois de Paulo Guedes (Economia) pedir aos servidores para pegarem leve com os cofres públicos no momento em que o Brasil está no chão, quebrado, a pelegada já emitia nota repudiando os “ataques”.

Legislação moderna
Projeto do deputado Denis Bezerra (PSB-CE) permite a dedução – no Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas – de doações a entidades que atuam no combate à pandemia na declaração.

Abestados
A Prefeitura de São Paulo autorizou veículos elétricos a desobedecerem ao “super rodízio”, podem circular a qualquer dia. O prefeito deve achar que carro elétrico imuniza seus ocupantes de contágio de coronavírus.

Vírus socialista
A deputada Marília Arraes (PT) tem lutado contra a falta de transparência do governo de Pernambuco no combate à Covid-19. O Recife, também do PSB, recebeu a maior parte dos recursos; outros, quase nada. Jaboatão, o segundo maior município do estado, recebeu R$ 16 mil.

Volta aos poucos
O Tribunal de Contas da União anunciou no final do mês passado a suspensão dos prazos processuais, após a pandemia da Covid-19. Mas a medida não foi prorrogada. No dia 21, os prazos recomeçam no TCU.

Notícia boa
O número de casos ativos de coronavírus pelo mundo aumentou 14,6% entre 8 e 15 de maio e o número de pessoas recuperadas subiu 32%. A perspectiva é que, em duas semanas, curados ultrapassem os doentes.

Continuam desdenhando
Uma deputada do PSL apresentou projeto para condicionar qualquer menção ao número de vítimas da Covid-19 na imprensa, ou em órgãos oficiais, à citação das quatro maiores causas de mortes no País.

Indicação importante
A médica Ludhmila Hajjar foi indicada ao presidente Bolsonaro como possível ministra da Saúde pelo Dr. Antonio Macedo, chefe da equipe médica que trata o Presidente desde que sofreu o atentado a facada.

Pensando bem...
...o nome é Ministério da Saúde, mas pode chamar de Ministério da Saída.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Provas” no inquérito de Moraes são nulas, alega MP

São imprestáveis as eventuais provas recolhidas pela Polícia Federal na operação de ontem contra críticas, fake news e ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A advertência é de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Complica situação de Skaf na Fiesp, após virar réu

O clima pode esquentar na reunião de diretoria, hoje, da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Será a primeira depois que seu presidente, Paulo Skaf, virou réu na Justiça. Ele é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Pesquisa: governo federal combate mais a Covid-19

A responsabilidade pelo combate ao coronavírus é dos governos estaduais e municipais, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), mas para a maior parte dos brasileiros (31,2%) o governo federal é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Temer se recusou a assinar MP que o STF alterou

Burocratas ligados à área econômica do governo federal tentam já há algum tempo emplacar uma medida provisória que vire lei protegendo-os de punição por erros que tenha cometido no exercício de suas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Vídeo revela relação desgastada com Sergio Moro

Na reunião presidencial de 22 de abril, que o ministro Celso de Mello (STF) jogou no ventilador sem qualquer utilidade para o inquérito que motivou sua apreensão, o presidente Jair Bolsonaro já …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Celso de Mello libera vídeo e toca fogo no circo

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), não explicou a utilidade da sua decisão de liberar quase a íntegra do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. Experiente, o decano …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Centrão: não haverá “toma lá, dá cá” com o governo

O deputado Arthur Lira (AL), líder do PP e do “Centrão”, confirma as conversações com o governo Bolsonaro, mas deixou claro que é “tudo feito às claras”, sem subterfúgios, sem “é dando que se recebe” …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Frias fatura e Regina ganha Cinemateca quebrada

A atriz Regina Duarte descobriu amargamente que política e Brasília não são para principiantes. Após meses driblando armadilhas, cascas de banana e traições, ela desistiu quando viu o presidente Jair …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Votações do MPF são vulneráveis a fraude, diz CGU

Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) levou a constatações devastadoras sobre o sistema eletrônico de votação do Ministério Público Federal (MPF), inclusive para escolha de lista tríplice …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Opositores de Bolsonaro já adotam a cloroquina

Enquanto se repete a ladainha de que a ciência ainda não aprovou o uso da cloroquina contra a Covid-19, políticos que acusavam o presidente Jair Bolsonaro de “irresponsabilidade” pela discussão …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados