search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

ANP adia venda direta para atender atravessadores
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


ANP adia venda direta para atender atravessadores

O presidente Jair Bolsonaro até comemorou, com um post, a publicação da resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), ontem, autorizando a venda direta de etanol aos postos, sem passar pelas distribuidoras, que têm papel meramente atravessador no mercado de combustíveis.

O problema é que a Agência Nacional do Petróleo (ANP) precisa regulamentar a decisão. Mas, sob suspeita de submissão às ricas distribuidoras: decidiu analisar o tema só em outubro.

Resposta vaga
Indagada ontem sobre por que adiar a regulamentação da venda direta por quatro meses, a ANP respondeu com um vago “os estudos continuam”.

Cartas marcadas
A ANP informou que em janeiro realizou workshop sobre venda direta com “agentes de mercado”, e só citou distribuidoras na confraternização.

Alô, MPF; alô, PF
Essa relação da ANP deveria ser investigada. Desse casamento suspeito nasceu o “cartório” obrigando as usinas a trabalhar para distribuidoras.

Direito negado
A Constituição garante a livre concorrência, mas a regra não vale para usinas, obrigadas pela a ANP a entregar todo o etanol às distribuidoras.

Ecad terá que explicar cobrança extra por “lives”

A manobra do Ecad para faturar em dobro com o sucesso das “lives” na pandemia chamou atenção da Secretaria de Cultura, que vai notificar a entidade a explicar o embasamento legal utilizado para fazer a cobrança, considerada abusiva, bem como os critérios que definem os percentuais cobrados.

Como não há lei que defina a classificação das lives, a suspeita é que a entidade tenha avançado além de suas competências.

Pós-CPI
O ofício tem origem no Departamento de Registro, Acompanhamento e Fiscalização, criado após a CPI do Ecad para ficar de olho na entidade.

Dinheiro não falta
O Ecad já fechou gordos acordos com plataformas populares como YouTube, Facebook, Spotify etc. e recebe milhões pelo uso das músicas.

Analogia do lucro
A manobra consiste em cobrar, segundo o Ecad, 5% do valor bruto dos patrocínios das lives, como acontece em shows com público pagante.

Delegacia permanente
O ministro Alexandre de Moraes (foto) vai manter a “espada de Dâmocles” do inquérito das “fake news” sobre a cabeça de parlamentares, blogueiros, críticos do Supremo etc. Deveria oficializar de uma vez a DP do STF.

Estabilização trepidante
O ministro Dias Toffoli acha que o STF é “elemento estabilizador da ordem política”. Não deve ter visto os colegas como Celso de Mello e Alexandre de Moraes se revezando na pancadaria contra Bolsonaro.

Doutor em malfeitorias
Faz sentido o reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, negar título de doutor ao ex-ministro Carlos Decotelli e o conceder a Lula. Condenado duas vezes, o petista se revelou doutor em corrupção e lavagem de dinheiro. E ainda tem mais sete processos pela frente.

Tarefa partidária
Quase diariamente, a comissária de Direitos Humanos da ONU em Genebra, Michelle Bachelet (foto), é pautada pela própria assessoria, ligada a ativistas brasileiros, para criticar o governo do Brasil a qualquer pretexto.

De barriga cheia
Apesar das trocas de farpas entre o presidente Bolsonaro e João Doria (PSDB), dos R$ 45 milhões destinados ao saneamento básico de 20 estados, São Paulo vai receber a metade: R$ 22,5 milhões.

Secretário voador
O secretário estadual de Saúde de São Paulo, José Henrique Guermann, mostrou-se ontem desinformado sobre ações do próprio governo João Doria contra a Covid-19. Disse à Rádio Bandeirantes, por exemplo, que começariam ontem as multas aos sem-máscara. Só que não: é hoje.

Boa perspectiva
O primeiro semestre terminou e a alta no número de mortes diárias por coronavírus também. Segundo o Worldometer, já são 800 mil curados e as curvas de novas curas e novos casos estão cada vez mais próximas.

Agora ficou sério
O protesto com ameaça de greve geral dos entregadores de aplicativos preocupou, principalmente, os que defendem isolamento, apoiados na comodidade de ter o dinheiro na conta e poder comprar tudo pelo celular.

Pensando bem...
...era mais fácil ir direto ao assunto e prorrogar o inquérito das fake news até 1º de janeiro de 2023.

Poder sem pudor

Um incorrigível abstêmio

Corria célere a sucessão em Minas Gerais para escolher o substituto do governador Olegário Maciel, que morrera afogado numa banheira do Palácio da Liberdade. Eram candidatos Virgílio de Melo Franco, Gustavo Capanema e Antônio Carlos, mas certo dia Getúlio chamou um modesto dentista do interior de Minas, Benedito Valladares, e o convidou para o cargo, recomendando completo sigilo sobre o convite.

Mas ao chegar em casa Benedito Valladares desabafou com a mulher: “Getúlio convidou-me hoje para ser o governador de Minas.” E dona Odete, cética: “Mas, Benedicto, você não havia me prometido nunca mais beber?”

Colaboram: André Brito, Jorge Macedo e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

“PEC do Fraldão” amplia idade-limite para o STF

Movimenta os bastidores de Brasília um conchavo ousado, que oscila entre o “sonho” e o golpe institucional, para aprovação de uma “PEC do Fraldão”, ampliando de 75 para 80 anos a idade-limite de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Achou pouco? Moraes presidirá a eleição de 2022

Indignados com Alexandre de Moraes, que no Supremo Tribunal Federal (STF) tem anulado atos do presidente, processado seus seguidores e até cancelado o direito deles à liberdade de expressão, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ex-ministro culpa Fachin pela morte de Meurer

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), que foi relator da Lei de Abuso de Autoridade, culpa Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal, pela morte do ex-deputado Nelson Meurer na prisão, vítima …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Era Toffoli no Supremo ressuscitou o “cala-boca”

Verdadeiro mestre no relacionamento, acessível e simpaticão, apesar do discurso frequente em defesa dos direitos do cidadão, Antonio Dias Toffoli caminha para o fim da sua presidência do Supremo …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Nos EUA, planos premiam clientes. Já no Brasil...

Um casal de brasileiros, que reside nos Estados Unidos, tomou susto ao renovar o seguro de saúde: a empresa decidiu reduzir em 30% sua parcela mensal, segundo relatou à coluna. Fidelização e …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Em sessão, desembargador faz piadinha sexual

Após testar positivo por Covid-19 em março, o desembargador Carlos Tork responde agora a investigação por aparecer sem camisa durante sessão virtual do Tribunal de Justiça do Amapá, e na sequência, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Desembargador que xingou colega será investigado

O ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, decidiu determinar que o ministro Aloysio Corrêa da Veiga (TST), corregedor-geral da Justiça do Trabalho, investigue o desembargador José …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Desembargador que xingou colega será investigado

O ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, decidiu determinar que o ministro Aloysio Corrêa da Veiga (TST), corregedor-geral da Justiça do Trabalho, investigue o desembargador José …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ex-presidente critica manobras da direção da OAB

O ex-presidente nacional da OAB Reginaldo de Castro está entre os muitos indignados, e não se surpreendeu quando soube que o também ex-presidente Marcus Vinícius Furtado Coelho, para ele “eminência …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Liminar da OAB no STF beneficiou a Qualicorp

Como presidente da OAB nacional, Marcus Vinícius Furtado Coelho ajuizou ação para anular decreto de Dilma que autorizava a operadora de servidores Geap a vender planos de saúde sem licitação e …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados