search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Allegro ma non troppo”
Painel da Folha de São Paulo

“Allegro ma non troppo”

A queda brusca de Celso Russomanno (Republicanos) mostrada pelo Datafolha não foi celebrada pela campanha de Bruno Covas (PSDB).

Ainda que o atual prefeito tenha assumido a ponta, a perda de sete pontos percentuais do adversário aponta para derretimento indesejado pelos tucanos, que preferem Russomanno no segundo turno a concorrentes como Guilherme Boulos (Psol), Márcio França (PSB) e Jilmar Tatto (PT). O apresentador de TV é considerado menos preparado.

De olho
Em um primeiro momento, os tucanos viam a proximidade com Jair Bolsonaro (sem partido) como negativa para Russomanno, dada a alta rejeição ao presidente na capital. Depois, em nova leitura, passaram a recear a entrada de ministros na campanha.

Deixa ele
De toda forma, eles veem Russomanno como alvo mais frágil, com propostas pouco sólidas e histórico de escândalos e posicionamentos controversos. Boulos surge como novidade e mostra potencial de unir grupos da esquerda, e França, no centro, pode ser “Frankenstein”: uma alternativa similar a Covas com acenos ao bolsonarismo.

Tudo igual
Marqueteiro de Russomanno, Elsinho Mouco diz que nada muda. “Mesmo foco, mesma energia”. Sobre os motivos para a queda no Datafolha, diz que prefere crer em pesquisa XP/Ipespe que mostrou Russomanno com 27% e Covas, com 25%.

Suspeita
Na reunião entre governadores e Eduardo Pazuello (Saúde), na terça (20), Ricardo Barros (PP-PR) fez um apelo pela necessidade da retomada urgente da economia.
Apesar das falas otimistas do ministro em relação à chegada de vacinas para o início do ano que vem, o líder do governo não demonstrou confiança. Segundo presentes, Barros disse que imunizantes poderiam ficar prontos apenas em 2022.

Tribunal
O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), foi ao STF contra Jair Bolsonaro.
Segundo ele, o presidente cometeu calúnia ao dizer em entrevista para a rádio Jovem Pan que tinha viagem prevista para participar de evento evangélico na cidade de Balsas, no Maranhão, mas como Dino lhe negara o efetivo da PM para fazer esquema de segurança teve de desistir.

Documento
Na peça enviada ao Supremo, Flávio Dino diz que não recebeu solicitação para a segurança presidencial.
Na petição, ele exige que Bolsonaro apresente provas da suposta recusa de colocar a polícia à disposição de sua segurança.

Secou
A despeito de ter afirmado ao Painel que o corte em 21% (R$ 39 milhões) nos recursos do Vivaleite não reduzirá o número de beneficiados atendidos, a gestão João Doria (PSDB) prevê distribuir 2 milhões de litros de leite a menos para crianças e idosos carentes de SP em 2021.
Os quase 7 milhões de litros se transformarão em 4,8 milhões, caso a Assembleia Legislativa aprove a proposta orçamentária.

Outro lado
A secretaria estadual de Desenvolvimento Social afirma que as iniciativas de segurança alimentar foram priorizadas em caráter emergencial durante a pandemia, “o que impactou na previsão orçamentária da pasta”.

A secretaria diz também que o corte de recursos “compreende a automática exclusão de inelegíveis (no caso, o alcance da idade limite de cinco anos e 11 meses).”

Enquadramento
Em documento enviado para a Assembleia Legislativa do Rio, o Instituto de Segurança Pública do estado informou que, mesmo um ano após decisão histórica do STF, não há dados específicos sobre crimes motivados por LGBTIfobia.
Em 2019, o Supremo entendeu que a homofobia e a transfobia são crimes de racismo.

Complexo
O ISP se manifestou em um requerimento feito pelo deputado estadual Carlos Minc (PSB-RJ). O órgão afirmou que não é possível separar as ocorrências, uma vez que a fonte dos dados apenas se refere ao crime conforme estabelece a lei.

Dados
Levantamento do Jornal Nacional em setembro mostrou a dificuldade de se obter dados sobre o tema.
Apenas 15 estados e o DF informaram números. Minc diz que vai acionar o Ministério Público Federal.

Tiroteio
“Se antes da pandemia era crucial, agora é vital modernizar o sistema tributário. Brasil não aguenta um real a mais de imposto”
De Pedro Paulo, deputado federal (DEM-RJ), sobre Jair Bolsonaro ter afirmado que não irá aumentar impostos após pandemia.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Velozes e furiosos

Especialistas consultados pelo Painel viram um combinado de infrações cometido pela comitiva de Jair Bolsonaro em sua passagem por Macapá. No último sábado, 19º dia de apagão no Amapá, o Presidente …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Notificação

Alexandre de Moraes, do STF, autorizou o compartilhamento de uma busca e apreensão, realizada contra um site bolsonarista, no inquérito dos atos antidemocráticos, com a investigação sobre esquema de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Reincidência

Em uma das recentes ocorrências de agressões em suas lojas, o Carrefour foi condenado a pagar R$ 26 mil para a vítima. Luis Carlos Gomes, um negro com deficiência, foi agredido em 2018 em São …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Canta forte

Retirada da lista de personalidades históricas da Fundação Palmares, Leci Brandão (PC do B) diz que Sérgio Camargo – presidente do órgão e cujo nome ela não pronuncia – foi escolhido por ser um …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Um por todos

Criados nas eleições de 2018 e multiplicados nas de 2020, os mandatos coletivos serão motivo de debate no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Um dos temas já em pauta e que deve ser decidido em breve …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Diplomacia

Em reunião no início do mês com embaixadores, a Polícia Federal afirmou que outros países também têm culpa sobre o desmatamento da Amazônia, não só o Brasil. O encontro começou com uma fala dura …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ressonância

O balanço preliminar de parte da esquerda sobre as eleições é que os resultados, se não foram trágicos, também não foram bons. Alguns, como Carlos Siqueira (PSB), colocam a culpa na conta “do …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

No gogó

Apesar da derrota ontem da maioria dos candidatos apoiados ou que se associaram a Jair Bolsonaro, aliados do Presidente tentam emplacar a versão de que ele não sai mais fraco. Segundo esse …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Além do horizonte

Presidentes de alguns dos maiores partidos do País dizem que a cota para negros, somada à de mulheres, criou confusão política e contábil. Eles afirmam que a decisão de última hora do STF vai …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Rasteira: brasileiro deixa vice-presidência do BID

A aposta da política externa de Jair Bolsonaro na fidelidade a Trump sofreu revés ontem. O novo presidente do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), o trumpista Mauricio Claver-Carone, eleito …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados