search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Alerta para mais um vírus raro no Brasil

Notícias

Publicidade | Anuncie

Saúde

Alerta para mais um vírus raro no Brasil


Laboratório da Fiocruz: paciente teria contraído vírus ao limpar um porco (Foto: Josué Damacena / IOC / Fiocruz)
Laboratório da Fiocruz: paciente teria contraído vírus ao limpar um porco (Foto: Josué Damacena / IOC / Fiocruz)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) detectou, na cidade de Ibiporã, no Paraná, um caso humano de infecção respiratória provocada por uma mutação do vírus influenza A H1N2, com potencial pandêmico.

O vírus circula em porcos e tem, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), potencial para gerar uma pandemia. O anúncio foi feito na sexta-feira, pela própria OMS em seu site.

A paciente é uma mulher, 22 anos, e trabalha em um matadouro e apresentou problemas respiratórios e sintomas de gripe, em abril.

A Fiocruz foi acionada e confirmou a infecção na paciente, que foi medicada em casa com oseltamivir (Tamiflu) e está curada.

“A suspeita de que alguma secreção com o vírus na cabeça do porco chegou a ela. Geralmente, não passa para humanos, mas pode acontecer”, explica Maria Goretti Lopes, diretora de Atenção e Vigilância da Secretaria de Saúde do Paraná.

A Secretaria de Saúde do Paraná informou que está sendo realizada uma investigação em vários municípios, envolvendo trabalhadores do frigorífico e outras pessoas que possam ter tido contato.

Até ontem, só 26 casos de influenza A H1N2 foram documentados desde 2005 em todo o mundo, incluindo outros dois no Brasil.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados