search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Abordagem a motociclistas sem capacete acaba em briga e tiros

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Abordagem a motociclistas sem capacete acaba em briga e tiros


Durante patrulhamento na noite desta última sexta-feira (03), pela Avenida Jones dos Santos Neves, em Guarapari, uma guarnição da Polícia Militar se deparou com dois indivíduos em uma motocicleta, sem capacetes e com a placa virada para cima, o que impossibilitava a identificação do veículo.

 (Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)
Foi dada ordem de parada, mas os indivíduos desobedeceram, iniciando uma perseguição. Durante o percurso a motocicleta veio a colidir com a viatura, tendo os ocupantes caído ao chão.

Ao tentar novamente realizar a revista nos suspeitos, um terceiro indivíduo chegou ao local, também em uma motocicleta, visivelmente embriagado, e tentou impedir a abordagem. Após várias tentativas de fazer com que ele se afastasse do local sem sucesso, foi lhe dada ordem de prisão.

Em seguida, uma aglomeração de moradores se formou no local, tendo um indivíduo realizado disparos contra a guarnição, que revidou, fazendo com que o suspeito se evadisse.

Posteriormente, foi realizada a abordagem nos dois ocupantes da motocicleta, nenhum ilícito foi encontrado, mas foi constatado que o piloto era inabilitado e o carona possuía diversas passagens pela polícia.

Os dois foram socorridos e encaminhados a UPA da região e, em seguida, levados à Delegacia Regional.

Ainda, foi realizado o teste do bafômetro no indivíduo detido por desacato, sendo confirmada embriaguez, além do homem também não ser habilitado. Ele também foi encaminhado à delegacia.

Não há registro de mortos ou baleados na ação. A Polícia Militar ressalta que, caso algum cidadão se sinta prejudicado pela atuação policial, deve procurar a Corregedoria da Corporação e realizar uma denúncia.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados