search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“A paternidade é a experiência mais louca”, diz youtuber Christian Figueiredo

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

“A paternidade é a experiência mais louca”, diz youtuber Christian Figueiredo


Há mais de 10 anos, Christian Figueiredo fica enlouquecido. Ao criar seu canal aos 15 anos, ele escolheu o nome “Eu Fico Loko”. Muito tempo e milhões de seguidores depois, ele descobriu qual é a verdadeira loucura da vida: a paternidade!

“A paternidade é a experiência mais louca, desafiadora e difícil que já tive”, diz, rapidamente, sem vacilar, o pai do pequeno Gael, de 1 ano e 6 meses, na conversa com o AT2.

Tanta insanidade até virou livro. “Eu Fico Loko... Vou Ser Pai” é a quinta publicação assinada pelo influenciador digital e ator e conta com detalhes os meses que antecederam a chegada de seu herdeiro, com a cantora, youtuber e modelo Zoo, 26 anos, na esperança de ajudar os demais papais de primeira viagem.

Christian Figueiredo é dono do canal no YouTube "Eu Fico Loko”.  (Foto: Kevin Rocha/Divulgação)
Christian Figueiredo é dono do canal no YouTube "Eu Fico Loko”. (Foto: Kevin Rocha/Divulgação)

E por que a paternidade é um desafio tão grande? Christian enumera os medos que já sentiu até hoje: “De não dar conta, de não ter dinheiro, de não saber educar, de não conseguir ser um bom exemplo. De faltar, adoecer... Todos os medos possíveis e impossíveis”, cita, bem-humorado, aos risos.

Agora, ele garante que está mais descolado e menos amalucado no papel de pai. Mas ainda tem dúvidas, muitas dúvidas. “Com o tempo, você vai ficando mais seguro. Já não se desespera com um choro, com a febrinha, mas aí vão surgindo outras questões que eu, Zoo e o Gael vamos resolvendo juntos. É tudo novo para nós”, relata.

E quais são os bônus da paternidade? O catarinense de 26 anos reflete. São muitos. “Ter a oportunidade de melhorar como ser humano, superar medos, inseguranças e saber que é capaz, mesmo estando ali, cheio de medo”, responde, emocionado.

“Quando você serve de referência, a cabeça pira”

AT2 O que mudou em sua vida com a paternidade?
Christian Figueiredo Tudo. Meu modo de ver a vida, meus medos, minhas responsabilidades, meus hábitos, atitudes. Ter um filho é maravilhoso, mas difícil. É muita responsabilidade criar um ser humano.

E, quando você serve de referência para aquela pessoinha, a cabeça pira. Você não quer errar nunca. É muita informação, desde a descoberta da gravidez até o nascimento. E tudo só intensifica em cada fase.

Se pudesse escolher uma profissão para Gael...

Não teria essa pretensão. Assim como meus pais me deixaram à vontade para eu escolher o meu caminho, farei o mesmo com ele. Passamos tanto tempo trabalhando que, se não tivermos prazer em nosso ofício, não seremos felizes. E, se tem uma coisa que desejo para o Gael, é que ele seja feliz. Seja lá o caminho que ele escolher, vou estar ao seu lado apoiando. Sei que nem todos têm essa oportunidade, mas sou grato por me manter trabalhando com o que eu amo.

O que mudou na sua relação com a Zoo depois do Gael?

Desde que Gael nasceu, entendi que, quando chega um filho, há duas opções: ou afasta ou une o casal. Nos primeiros meses, não é fácil. Perdemos nossa privacidade e o lugar de casal é transferido para pai e mãe. Vêm o cansaço, as noites em claro. (Risos) Mas, na nossa relação, o Gael só acrescentou. Ficamos mais unidos e companheiros nessa louca jornada. Entendemos que tudo são fases e decidimos curtir cada momento.

Christian Figueiredo se diverte com o filho. (Foto: Reprodução/Instagram)
Christian Figueiredo se diverte com o filho. (Foto: Reprodução/Instagram)
Houve mudança na sua relação com a fama?

Sou muito mais responsável, pé no chão. Quando comecei, não tinha ideia do que estava por vir. Trabalhei muito para ser reconhecido e, quando esse retorno finalmente chegou, assustou. (Risos) Era muito jovem, mas logo reencontrei meu eixo, entendendo o propósito do meu trabalho. Sou uma figura pública e entendo a responsabilidade que isso acarreta.

Existe uma receita para fazer sucesso no YouTube?

Não existe. É foco, determinação e vontade para que suas ideias
deem certo. A internet é ilimitada e tem espaço para todos. Quando comecei, era mais difícil, mas desistir não estava em meus planos. Em alguns momentos, rolava uma desanimada. Normal. Quem nunca?

O QUE ELE DIZ

“É algo inexplicável”

“Conhecer o verdadeiro amor, olhar aquele pedacinho de gente e se reconhecer nos pequenos detalhes. Ser pai é a melhor coisa que poderia acontecer na minha vida. Já não sei como é a vida sem ter meu filho comigo. É algo inexplicável. Sou outra pessoa com o nascimento do Gael”.

Haters

“No início, eu sofria, respondia. Ficava irritado mesmo! Mas é uma energia que não deve ser gasta. Não tenho a pretensão de agradar a todo mundo, mas, se não gosta, passa para a frente, pula, sei lá. O que não entendia era o prazer que essas pessoas sentiam em agredir, diminuir. Mas agora eles se tornaram invisíveis para mim”, afirma Christian.

Cancelamento

“A cultura do cancelamento é perigosa e cruel. Muitas vezes, o tribunal da internet não procura todos os fatos ou não demonstra empatia. Sou muito cauteloso com o que digo ou faço para meus seguidores. É preciso saber todos os lados da situação antes de apontar dedos. Não é algo que curta. Uma atitude mal pensada pode acabar com a vida de uma pessoa”.

Conselho

“Leve a sério, se dedique e seja responsável. Encontre o caminho nesse universo tão vasto. Seja você e acredite no seu potencial. Talvez, as coisas não aconteçam no tempo em que planeja, mas, se esse é seu sonho, não desista. Faça, refaça, mude de ideia quantas vezes achar necessário. Sua hora vai chegar”, salienta ele para quem quer ser youtuber.

Desejos

“O grande barato da vida é não se estagnar, sair da zona de conforto, abraçar o novo. Quero muitas coisas ainda, mas, olhando para tudo que conquistei, já me sinto realizado. Atualmente, o meu desejo é continuar saudável. Nos tempos em que vivemos, com essa pandemia, saúde é o meu bem maior”.

Futuro na televisão?

“Minha cabeça é pensante 24h por dia. Não descarto nenhuma possibilidade. Adoro sair da zona de conforto, e essas entrevistas no canal me causam esse desafio. Me encontrei também como entrevistador. Adoro conhecer as experiências das outras pessoas, me identificar, trocar... Ninguém sabe do futuro, mas curto bastante a ideia. Quem sabe?”, diz ele sobre uma possível carreira na televisão.

SERVIÇO

“Eu Fico Loko. Vou Ser Pai - Os 9 Meses Mais Lokos da Minha Vida”
Autor: Christian Figueiredo
Editora: Melhoramentos
Páginas: 176
Preço sugerido: R$ 30,00

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados