search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A inteligência emocional e as tempestades que enfrentamos
Tribuna Livre

A inteligência emocional e as tempestades que enfrentamos

As chuvas e enchentes que castigaram nosso Estado, neste começo de ano, podem servir de inspiração para analisarmos as tempestades de nossas vidas e a maneira com que lidamos com elas.

Há mais ou menos 10 anos, eu era muito procrastinador, trabalhava por dinheiro e não por missão e propósito, vivia mal-humorado durante a semana e só ficava bem nos finais de semana.

Reclamava de tudo e não tinha autorresponsabilidade nenhuma. Colocava a culpa em tudo e em todos pelos meus resultados, até o dia em que quebrei minha empresa e fiquei sem rumo!

Parecia que eu estava imerso em um vendaval, com o casamento arruinado, sem dinheiro, cheio de dívidas! Uma tormenta que destruía tudo.

Um dia, estava em casa pensando no que eu iria fazer da vida, quando um amigo me ligou e me convidou para um curso de inteligência emocional.

Apesar de ter tentado inventar todas as desculpas para não participar desse curso, não sei como, ele me convenceu.

Por curiosidade comecei a pesquisar sobre o assunto e finalmente a minha ficha caiu. Eu não mudaria a minha vida se eu continuasse com os mesmos comportamentos. Desse jeito eu nunca iria ter habilidade para lidar com as tempestades da minha vida.

Foi através da inteligência emocional que entendi que eu precisava estar no controle da minha vida, que eu precisava assumir a responsabilidade pelos meus resultados. Entendi que se continuasse colocando a culpa dos meus resultados ruins nos outros, eu continuaria colecionando fracassos em minha vida.

Apesar das situações e dos contextos serem desfavoráveis, se eu sou responsável pelo que me acontece, eu consigo ter o controle do meu barco.

Por meio da autorresponssabilidade e da inteligência emocional, a pessoa começa a produzir uma comunicação mais assertiva e positiva em relação às dificuldades que irá enfrentar.

Logo, se ela se comunica de uma maneira positiva, os seus pensamentos também vão ser positivos com relação aos problemas e, com isso, ela poderá solucioná-los de maneira mais veloz.

Esses pensamentos influenciam diretamente nos sentimentos. O indivíduo tem o poder de escolher, diante de qualquer problema, se irá sentir raiva, medo, alegria, etc.

Se ele tem pensamentos positivos, dificilmente irá produzir sentimentos negativos que só o levariam à destruição. Parece ser fácil quando lemos, porém, a prática é muito mais complicada.

Levou um tempo para eu largar meus vícios emocionais negativos. Foi assim que eu pude restaurar meu casamento, ser um pai melhor e aprender como crescer profissionalmente, como jamais imaginei.

Hoje sou pai de uma filha linda e maravilhosa, tenho uma mulher extraordinária com quem vivo um casamento incrível.

Estou no ápice da minha carreira, fazendo o que amo, ajudando pessoas e ganhando muito dinheiro. Quando olho para trás e vejo como eu era, agradeço ao estudo da inteligência emocional por todas as mudanças que ele me trouxe até hoje.

Pode levar tempo e qualquer mudança é desafiadora, mas será muito recompensadora.

Giovanne Guerra é empresário e especialista em mudança comportamental.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Como manter a saúde das empresas em tempos de Covid-19

Em meio às mudanças nas relações de trabalho impostas pela pandemia da Covid-19, os empresários de todo o País acabaram se vendo sem direção sobre questões trabalhistas que envolvem o home office, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Covid-19 e o cuidado com o consumo de alimentos

Quem trabalha no agronegócio já está adaptado em responder as acusações, por muitas vezes infundadas e distorcidas, e quase em sua totalidade, desprovidas de conhecimento técnico, métricas e estudos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A Ufes e o começo de uma nova gestão

A Universidade Federal do Espírito Santo é um patrimônio de suma importância para a sociedade. De forma inusitada, coube-me, a partir do dia 23 de março, assumir o cargo de reitor desta instituição, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Covid-19 e as incertezas sobre os impactos da pandemia no Brasil

Quedas nas bolsas de valores, aulas suspensas, comércios fechados, eventos cancelados, trabalhadores em casa, governos decretando “estado de calamidade pública”, órgãos públicos fechados, recomendaçã…


Exclusivo
Tribuna Livre

Células muse, uma promissora descoberta da medicina

A fórmula da juventude ainda não foi encontrada, e a cura para inúmeras doenças é um desafio para a ciência. Mas podemos dizer, com certeza, que o caminho para isso já está sendo desbravado. …


Exclusivo
Tribuna Livre

Superar o medo e a ansiedade associados ao coronavírus

O medo do coronavírus tomou conta do mundo, enquanto escrevo esse texto quase 650 mil casos foram confirmados e 30 mil pessoas mortas por causa da Covid-19. Nesse artigo, explicarei de onde vem a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Uso da neurociência para ter faturamento em meio à crise

A economia já está sendo duramente afetada pela pandemia da Covid-19. As medidas de isolamento social, implementadas pelas autoridades sanitárias, exigem do empresário uma nova postura frente ao seu …


Exclusivo
Tribuna Livre

Crimes que ocorrem e podem ocorrer em tempos da Covid-19

Visando criar mecanismos para o enfrentamento da emergência de saúde pública de relevância internacional decorrente do coronavírus – Covid-19 –, que recentemente se alastrou no território brasileiro, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Moradias dignas no meio de uma pandemia

O caos social em que estamos imersos no momento suscita em mim, como arquiteta e também cidadã, uma inquietude acerca de moradias e suas tipologias. Faz-se necessário repensarmos nos aglomerados …


Exclusivo
Tribuna Livre

Virtudes na virtualidade em tempos de isolamento social

O isolamento geográfico é um dado desta realidade virótica. Mas o isolamento social não precisa nem deve ser de total insulamento. Isso porque, vida virtual é vida real, apesar de não presencial. A …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados