search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“A idade nos traz mais sabedoria, calma e rugas”, diz atriz capixaba Marcella Muniz

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

“A idade nos traz mais sabedoria, calma e rugas”, diz atriz capixaba Marcella Muniz


Bom humor e malhação para manter-se jovem. Mas a idade, ela diz, “nos traz mais sabedoria, mais calma e mais rugas”. E solta uma risada.

Natural rir, afinal é difícil acreditar que a atriz capixaba Marcella Muniz tenha ultrapassado a barreira dos 50 anos. Tem 53 exatamente. E ruga não parece ser um problema real. Há um segredo?

Marcella chegou a fazer estágio com Claude Troigros e hoje tem empresa de alimentação. (Foto: VINICIUS MOCHIZUKI/Divulgação)
Marcella chegou a fazer estágio com Claude Troigros e hoje tem empresa de alimentação. (Foto: VINICIUS MOCHIZUKI/Divulgação)
“Eu acho que é cabeça, saúde mental. Sempre fui pra cima, gosto de bom humor, de leveza, de dar boas gargalhadas. Gosto de malhar, liberar uma endorfina”, salienta a filha do autor Lauro César Muniz, ao AT2.

“Mas não sou nenhuma neurótica! Não me privo de nada em prol de um corpo. Acho que isso te torna uma pessoa mais jovial. Envelhecer é uma preocupação, porém o mais importante é como passar por isso”, observa.

Mais uma prova de vitalidade, a estrela dá ao responder onde se vê daqui a 30 anos. “Num sítio rodeada de cachorros, netos, um parceiro, boas risadas e uma taça de vinho para brindar a vida!”, conta a mãe de Thiago (27 anos) e Thais Müller (28, também atriz), do casamento com o ator Anderson Müller, e de Priscilla Montes (36), do relacionamento com Marcelo Guimarães, que morreu vítima da Covid-19.

Na Cozinha

Durante o período de isolamento social, Marcella foi para o fogão! É que a atriz investiu seu tempo em casa em sua empresa voltada para entregar refeições saudáveis. Entre suas especialidades, está a moqueca.

“Gosto das panelas, do calor infernal, da dor nas pernas, de todos os cortes nas minhas mãos, da alquimia das receitas. Isso me encanta igualmente a quando escuto 'gravando'”, diz a ex-estagiária de Claude Troisgros.

“Quero trabalhar até meus últimos dias!”

AT2 São 40 anos de carreira. Há lembranças mais queridas?

Marcella Muniz São tantas ... Ainda bem, né? Tenho um enorme carinho por toda trajetória. Acho que um trabalho complementa o outro. Mas acho que “Os Ricos Também Choram” (SBT) foi onde descobri a comédia, e nunca imaginei que ia vingar. E vingou! Fiz bons trabalhos, amo o que faço, abri mão de outros em prol da maternidade...... e quero trabalhar até meus últimos dias!

E o que estou fazendo no momento? O 'aqui agora' é sempre a melhor lembrança de amanhã.

Nasceu para ser uma atriz?

Não sei se nasci para isso, mas comecei muito cedo, então já não sei nem mais com é não ser uma atriz. Ser artista neste País é uma luta diária, é um caminho árduo, mas sigo acreditando e me alimentando disso. Sou completamente apaixonada pelo que faço.

A vida está voltando ao normal? Como tem sido isso?

Acho que, nesse retorno, tenho todos os sentimentos que variam a cada um minuto. Uma felicidade enorme de voltar ao trabalho, mas uma tristeza enorme de não abraçar meus colegas, de não poder ser calorosa. E ainda um certo medo. Mas estamos tomando todas as medidas de segurança.

O que foi mais desafiador durante o isolamento social?

Me cobrei uma rotina logo de cara. Demorei a acreditar no que estava acontecendo. Perdi gente na minha família e foi muita dor. Mas também aproveitei o tempo para me dedicar à minha empresa de alimentação. Trabalhei duro, mas foi muito bom.

Seu sucesso vai além dos palcos, está também à mesa. Como define a sua cozinha?

Acho cozinhar uma arte e fui me apaixonando cada dia mais pelas panelas. Fiz um curso de cozinha contemporânea na Argentina e, quando voltei, entrei para a faculdade. Tudo isso entre uma novela e outra.

Fiz estágio com Claude Troisgros e, se eu fosse mais nova, teria colocado uma mochila nas costas e ido estagiar por esse mundo afora. @cestpotage é uma extensão da minha cozinha, é a comida feita com amor. Posso garantir que tem outro sabor.

Qual é a sua especialidade?

Risoto, caldos, moquecas, ceviches... Um pouco de tudo, só não sou chegada em fazer doces .

Como boa capixaba, é mestre na moqueca? E torta capixaba, como fica a sua?

Fiz na faculdade e adorei a torta capixaba, mas não fiz mais. Acho que você me deu uma ótima ideia. Moqueca, faço sempre.

Sua filha também é atriz e mostrou talento desde cedo. Como você reagiu a isso?

Thais é formada em design e tem uma marca de camisas de alfaiataria. Nunca incentivei nenhum filho meu a seguir minha carreira, mas ela não tinha como não ser. Sabia que ela não ia escapar. Ela é muito talentosa, muito estudiosa, vive se reinventando. Ela é demais!

Você também pode ser vista na reprise de “Sassaricando”. O que representou essa novela pra você?

Tenho um carinho enorme por Diana. Claro que vou assistir e quase ter um treco de emoção a cada capítulo, porque eu era muito mais jovem quando a fiz e mais imatura. Então, como sou muito crítica, vou sofrer. (Risos)

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados