search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A história de um carnaval triunfante no Brasil de 1919
Tribuna Livre

A história de um carnaval triunfante no Brasil de 1919

Trazido para o Brasil nos tempos da Colônia, pelos portugueses, o carnaval foi criado em 1252, no reinado de Afonso III, em Portugal. Originariamente chamado do “Entrudo”. E desde então, nunca o brasileiro deixou de celebrar a data mais alegre e colorida do calendário nacional, que sempre acontece na Quaresma, em fevereiro, ou no início de março.

Mas, em 2021 foi diferente, não tivemos o Carnaval devido a pandemia da Covid-19. Infelizmente, tivemos muitos eventos clandestinos País afora, o que agravará ainda mais os casos de infectados.

O Carnaval de 1919, no Rio de Janeiro, é tido até hoje como o maior de todos os tempos. A gripe espanhola que veio com o fim da Primeira Grande Guerra, é considerada uma das pandemias mais letais já enfrentadas pela humanidade, matando mais de 5% da população do planeta.

No Brasil, estima-se que tenha matado cerca de 35 mil pessoas e espalhando o caos e o medo nas principais capitais do País, e foi embora em novembro, expurgando a tristeza do difícil ano de 1918.
A festa de carnaval de 1919 foi uma das maiores felicidades coletivas já registradas na história do Brasil.

Conforme narra Nelson Rodrigues em uma de suas memórias de criança no Rio de Janeiro: “Morria-se em massa. E foi de repente. De um dia para o outro, todo mundo começou a morrer. Os primeiros ainda foram chorados, velados e floridos. Mas quando a cidade sentiu que era mesmo a peste, ninguém chorou mais, nem velou, nem floriu.

Em 1918, a morte vagava pelas ruas e pelas casas, onde os mortos se amontoavam e nem havia uma infraestrutura mortuária para dar conta dos enterros. Diante disso, escolas, comércio, cinemas e bares foram fechados. Todos os eventos foram cancelados e a vida social das pessoas foi suspensa”.

“A espanhola trouxera no ventre costumes jamais sonhados. E, então, o sujeito passou a fazer coisas, a pensar coisas, a sentir coisas inéditas, demoníacas. O que quero dizer, ainda, sobre o Carnaval da espanhola é que foi de um erotismo absurdo, com mais de 2000 queixas, na delegacia do Catete, centro do Rio de Janeiro, de virgens “defloradas”.

Daí, a sua horrenda tristeza. Disse, não sei quem, que o desejo é triste. E nunca se desejou tanto como naqueles quatro dias. A tristeza escorria, a tristeza pingava, a alegria era hedionda”, escreveu. Felizmente, em novembro de 1918, as mortes reduziram e, em janeiro, embora ainda ocorressem alguns casos esporádicos, a vida foi retornando à normalidade.

Assim, o Carnaval de 1919 é considerado por muitos cronistas da época como um dos carnavais mais transgressores e animados da história do País. Além de comemorar o fim da Primeira Guerra, os foliões usaram esse carnaval como uma forma de celebrar a vida e deixar para trás os longos dias nos quais se viram lutando contra a morte.

“A Peste foi embora e o Carnaval de 1919 foi triunfante. A vingança da Vida contra a Morte, da Saúde contra a Gripe. A esbórnia foi total, e o Brasil voltou a sorrir”.


Manoel Goes Neto é escritor

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Compensação financeira aos profissionais da saúde

Compensação financeira aos profissionais da saúde No dia 26 de março de 2021, foi sancionada a Lei nº 14.128/2021, que dispôs sobre a instituição de compensação financeira a ser paga pela União …


Exclusivo
Tribuna Livre

A urgência dos cuidados antes e depois da vacina contra a Covid

Desde o início da tão esperada vacinação contra a Covid-19 no Brasil, que começou no dia 17 de janeiro deste ano, são registradas quedas nos números de casos, internações e mortes entre pessoas de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Embriaguez ao volante deve ser tratada com rigores e iras da lei

Muito se fala sobre mortes causadas por armas de fogo, mas os veículos automotores causam mais estragos do que qualquer revólver ou pistola, e têm uma letalidade mais cruel e com maiores resultados. …


Exclusivo
Tribuna Livre

Se a entrega do imóvel atrasar, o comprador pode ser indenizado?

É comum a aquisição do imóvel durante a construção, ou na linguagem popular: comprar o imóvel “na planta”. Normalmente, essa compra do imóvel “na planta” é mais vantajosa economicamente. Mas, se há …


Exclusivo
Tribuna Livre

Consequências jurídicas para os “fura-filas” da vacinação

Nos últimos meses, o Brasil experimentou um crescimento exponencial nos números de vítimas fatais em razão da Covid-19. O agravamento da pandemia provocou um colapso no sistema de saúde de vários …


Exclusivo
Tribuna Livre

O elo entre índice de desemprego e os benefícios do INSS

Com o aumento crescente do índice de desemprego, muitos segurados do INSS deixam de contribuir mensalmente à Previdência Social. Acontece que ficar longos períodos sem contribuir faz com que os …


Exclusivo
Tribuna Livre

A dura realidade da insônia provocada pela pandemia

Entrando no segundo ano da pandemia, um assunto recorrente é a insônia. Com a ansiedade e o estresse que todos estão vivendo, esta síndrome segue em alta. De acordo com um estudo feito pela Universid…


Exclusivo
Tribuna Livre

Redes sociais e vendas na internet salvam negócios na pandemia

Manter as vendas, crescer e até aumentar o faturamento apesar da pandemia, lockdown, distanciamento social. É utopia ou realidade? É, sim, uma realidade, para muitos negócios que já apostavam no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Combate ao preconceito sofrido por quem tem transtorno mental

Nossas mentes estão cada vez mais cansadas diante de tantas informações e novos cenários. Consequentemente, ter que lidar com os transtornos que a pandemia está causando na vida cotidiana e na saúde …


Exclusivo
Tribuna Livre

Conquistas e desafios do Marco Legal da Primeira Infância

Em 2016, o Brasil obteve importante conquista com a entrada em vigor do Marco Legal da Primeira Infância (Lei nº 13257/2016) que concretizou princípios previstos em nossa Constituição e traçou …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados