search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

4 passos para acabar com a candidíase
Nutridicas
Gabriela Rebello

Gabriela Rebello


4 passos para acabar com a candidíase

Você sofre com candidíase de repetição?

A candidíase é uma infecção causada pelo crescimento excessivo do fungo Candida, que normalmente acontece devido ao enfraquecimento do sistema imunológico, ou uso prolongado de remédios que podem alterar a microbiota genital, como antibióticos e antifúngicos, por exemplo associados a um estilo de vida nada saudável.

Este tipo de infecção é mais frequente em mulheres, mas também pode surgir em homens.

O diagnóstico e o tratamento devem ser realizados pelo seu médico, mas para acabar de vez com esse incômodo, se liga nas dicas da Nutri:

1) A cândida se alimenta de carboidratos simples e toxinas, por isso reduzir esses alimentos é essencial no tratamento. Evite: doces, sobremesas, o açúcar / adoçante do cafezinho, fast foods, bolachas, café e bebidas alcoólicas.

2) Alimentos com propriedades antifúngicas e bactericidas deve ser inserido no cardápio, como: orégano, alecrim, cebola roxa, alho, iogurte natural, alcachofra, cacau, salsinha, tomilho, levedura de cerveja, gengibre, própolis, óleo de coco, azeite e semente de abóbora.

3) Aposte no banho de assento. Óleos essenciais, como camomila, mirra ou cânhamo. Ou ainda produtos que comumente temos em casa, como o bicarbonato de sódio e o vinagre, podem ser utilizados.

4) Mantenha-se bem hidratado! Ingira diariamente cerca de 2 a 3 litros de água por dia.

O tratamento da candidíase requer dedicação. Em conjunto às estratégias nutricionais, não devemos esquecer de 3 outros pilares essenciais para qualquer tratamento de saúde e melhora de qualidade de vida, sendo eles, o controle emocional, sono e a prática de atividade física regular.

Agora me conte, você sofre desse mal, qual estratégia tem utilizado?