search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Recaídas, amigos, amores e ideias de Casagrande

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

Recaídas, amigos, amores e ideias de Casagrande


Casagrande já tinha escrito  dois outros livros com ajuda do jornalista Gilvan Ribeiro sobre a sua trajetória (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Casagrande já tinha escrito dois outros livros com ajuda do jornalista Gilvan Ribeiro sobre a sua trajetória (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Deixar uma vida vivida com o lema “sexo, drogas e rock and roll” não foi uma decisão fácil para o ex-jogador e comentarista esportivo Casagrande. Porém, em busca da sobrevivência, ele abandonou as drogas e decidiu compartilhar em seu novo livro um pouco da sua luta.

Com coautoria do jornalista e escritor Gilvan Ribeiro, a obra “Travessia: As Recaídas, os Amigos, os Amores e as Ideias que Fizeram Parte da Trajetória da Minha Vida” traz histórias impactantes de Walter Casagrande Júnior, 57, o Casagrande ou só “Casão”, como é conhecido por seus amigos.

“Travessia” é um relato mais íntimo do ex-atleta e parte de seu comovente depoimento durante a final da Copa do Mundo de 2018, quando revelou ter passado sóbrio todo o período da competição.

No livro, há depoimentos reveladores de grandes amigos famosos, como Baby do Brasil, Nasi, Nando Reis e Paulo Miklos, que acompanharam de perto e tiveram papel fundamental durante seu percurso contra a dependência química.

A história de Casagrande com as drogas, principalmente a cocaína, começou na adolescência e se intensificou nos anos 1980, quando começou a ter grande sucesso nos gramados como jogador de futebol.

Em uma entrevista, ele assumiu que, na época em que jogou no Corinthians e no São Paulo (1982-1986), já tinha o hábito de consumir a substância, mas não teve problemas na atividade profissional porque nunca foi pego em testes antidoping, já que naquele tempo não tinha exame específico para atestar cocaína e maconha no corpo.

De forma bem pessoal, o livro busca se aprofundar na personalidade inquieta de Casagrande, retratando assuntos de sua vida como música, espiritualidade, amores e política, além do apetite pela vida que o levou a experiências extremas que o deixaram no limite da sanidade e colocaram sua vida em risco.

O ex-jogador já publicou outros dois livros sobre sua história: “Casagrande e Seus Demônios” e “Sócrates e Casagrande: Uma História de Amor”.


Serviço

“Travessia”

Autor: Walter Casagrande Júnior e Gilvan Ribeiro

Páginas: 314

Editora: Globo Livros

Preço: R$ 49,90


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados