X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

“Morreu como um herói”, diz filho de idoso morto em briga por ciúmes

O homem entrou na frente de um outro filho para salvá-lo do disparo de uma arma de fogo

Kananda Natielly | 29/07/2022 06:52 h | Atualizado em 29/07/2022, 08:42

Adriano Souza, 40 anos, filho de João
Adriano Souza, 40 anos, filho de João |  Foto: Fábio Nunes/AT
 

“Meu pai morreu como um herói, um verdadeiro herói para a família”, disse o pedreiro Adriano Souza, de 40 anos, ao lembrar do pai, que morreu tentando salvar o irmão, de 37 anos, de um disparo de arma de fogo.  

Pai e filho, de 37 e 75 anos, foram baleados após uma discussão por ciúmes, na tarde da última segunda-feira, na rua de um lava a jato em São Benedito, Cariacica. 

As vítimas foram levadas por populares ao Pronto Atendimento de Alto Lage e, posteriormente,  transferidas para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, mas o idoso de 75 anos não resistiu e morreu.

Um suspeito de 47 anos foi preso com a arma do crime.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS