search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cuidados especiais com cães no inverno
AT em Família

Cuidados especiais com cães no inverno

O inverno está chegando e, com ele, podem aparecer complicações que afetam não só os humanos, mas também os cães. Resfriados, doenças respiratórias e inflamações de pele são alguns dos problemas que podem atingir os pets nessa estação.

Veterinários indicam aquecer os cães nos dias mais frios para prevenir resfriados e doenças respiratórias (Foto:  Freepik)
Veterinários indicam aquecer os cães nos dias mais frios para prevenir resfriados e doenças respiratórias (Foto: Freepik)
Por isso, o AT em Família ouviu veterinários para listar pelo menos 10 cuidados que se deve ter com os cachorros nesse período.

Entre as orientações estão deixar os bichinhos bem aquecidos, evitar tosas completas e manter a vacinação em dia para aumentar a imunidade deles.

De acordo com o veterinário Victor Milanez, por mais que o Espírito Santo não atravesse inverno rigoroso, é preciso estar alerta para as doenças respiratórias comuns na estação.

“Assim como nós, os cachorros ficam mais propensos a doenças respiratórias e até pneumonia. Nesse caso, é preciso manter o controle da temperatura deles, seja com agasalhos ou com o próprio pelo”, orientou.

Victor ressaltou que os animais mais peludos tendem a ficar mais protegidos e que, por isso, a tosa não pode ser muito curta. Já os pets menores e com pelagem mais fina, podem ser aquecidos com ajuda de roupas ou cobertores.

Outra recomendação é em relação aos banhos. “Devem ser com água aquecida. Além disso, o dono deve usar uma toalha seca para tirar o excesso de água e usar um secador de cabelo em temperatura morna para garantir que o animal esteja bem seco. Isso evita o surgimento de dermatites (inflamações de pele) e fungos no bicho”, completou.

Os cuidados com a alimentação dos cães também devem ser redobrados. Segundo os especialistas, a tendência é de que os cachorros comam mais nessa época do ano. Por isso é necessário que as porções sejam mantidas, além de balanceadas. Alimentos naturais como vegetais cozidos são recomendados.

O veterinário Fadel Chequer ponderou que os passeios com os pets devem ser feitos nos horários mais quentes do dia.

“Evitar sair com os cachorros à noite, pois o sereno pode prejudicar. Além disso, é importante colocá-los para tomar sol pela manhã e vestir roupinhas para aquecer. Os donos devem oferecer edredon à noite e lembrar que eles não sabem se cobrir sozinhos”, disse.


Dez cuidados com os cães no inverno


1- Tosa
O pelo é um regulador de temperatura do cachorro, por isso a tosa não deve ser muito curta.

2 - Respiração
Nesse período, é mais comum aparecer doenças respiratórias. O animal não deve ficar muito exposto ao tempo.

3 - Agasalho
Manter os cães agasalhados, sobretudo os menores e com pelagem fina e curta.

4 - Banho
Os banhos devem ser com água aquecida, para evitar queda na temperatura do corpo.

5 - Pele
Os donos devem usar toalha seca para tirar o excesso de água e usar secador em temperatura morna para secar bem o pelo e evitar inflamações na pele.

6 - Alimentação
Assim como os humanos, os cães tendem a comer mais no inverno, o que pode causar obesidade.

7 Comportamento
Prestar atenção se o animal está tremendo, inquieto ou ansioso, pois podem ser sinais de que está com frio

9 - Imunidade
ideal estar com a vacinação em dia para prevenir doenças.

10 - Veterinário
Manter as idas frequentes ao veterinário para acompanhamento.

Fonte: Especialistas citados.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados