X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Crianças do ES faturam ouro em campeonato de Matemática

Davi Aguiar, 12 anos, e Vítor Marianelli, 11, se destacaram na World Mathematics Team Championship entre alunos de vários países



Imagem ilustrativa da imagem Crianças do ES faturam ouro em campeonato de Matemática
Vítor Marianelli, Emílio Assemany e Davi Aguiar mostram os prêmios da World Mathematics Team Championship |  Foto: Kadidja Fernandes/AT

Sucesso em campeonato mundial de Matemática! Alunos da Escola Americana de Vitória, Davi Aguiar, 12, e Vítor Marianelli, 11, conquistaram medalha e troféu de ouro na World Mathematics Team Championship (WMTC), evento que ocorreu na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, entre os dias 15 e 17 deste mês.

Na ação, estudantes de vários países participaram, divididos pelas categorias nível júnior (4º ao 6º ano do ensino fundamental), intermediário (7º ao 9º ano do fundamental) e avançado (ensino médio). Em relação às rodadas, o WMTC contou com três: individual; em dupla, de revezamento; e em grupo.

Davi participou do nível intermediário e conquistou medalha de ouro na prova individual e troféu de prata na prova em grupo. Já Vítor competiu no nível júnior e ganhou troféu de ouro na disputa em dupla e medalha de prata na rodada individual.

Para a competição, as crianças se prepararam com Emílio Assemany, professor de Matemática da escola. O profissional comentou que a dupla é muito inteligente.

“Os dois são alunos especiais, eles têm laudo de altas habilidades. O currículo geral da escola não supre a necessidade deles, que tendem a considerar o conteúdo regular tedioso. Então, a escola fornece, via aulas particulares minhas, fora do horário regular, aulas extras. Eu desenvolvi um currículo de treinamento para as olimpíadas e elas dão um certo sentido para a trajetória acadêmica dos dois”.

Ele afirmou que Vítor e Davi fazem, atualmente, duas aulas particulares por semana como forma de preparação para olimpíadas. Hoje, a dupla está estudando para a American Math Olympiad (AMO).

“Fico muito feliz por ter ganhado a medalha porque ela é a materialização da conquista, mas fico ainda mais feliz por ver o quanto evoluí e aprendi me preparando para essa olimpíada. Gostei muito de ter participado”, disse Davi sobre a WMTC.

Vítor também comemorou. “Não estava esperando nada. Só um certificado de mérito. Achei o máximo. Foi uma experiência muito boa, tive o friozinho na barriga e estou animado para as próximas competições”.

"Fico feliz pela medalha, mas fico ainda mais feliz por ver o quanto evoluí e aprendi me preparando para essa olimpíada”
Davi Aguiar, 12, estudante

Orgulho dos filhos


Imagem ilustrativa da imagem Crianças do ES faturam ouro em campeonato de Matemática
Melissa Marianelli e o filho, Vítor Marianelli |  Foto: Kadidja Fernandes/AT

Dom para a Matemática

Melissa Marianelli, servidora pública federal de 47 anos, está radiante com a conquista do filho Vítor Marianelli, 11 anos. A mãe contou que o menino – que é amante dos números desde pequeno – tem o dom para a Matemática e que, com a participação na WMTC, está ainda mais responsável com os estudos.


“Ele está muito estimulado e cresceu nele o senso de responsabilidade, ficou mais empolgado e está doido para participar de outras olimpíadas”, disse.


Imagem ilustrativa da imagem Crianças do ES faturam ouro em campeonato de Matemática
Mayte Aguiar e o filho, Davi Aguiar |  Foto: Kadidja Fernandes/AT

Amor pela aprendizagem
Muito orgulho e felicidade pelo filho. É isso o que Mayte Aguiar, 42, auditora do controle externo e mãe de Davi Aguiar, 12, está sentindo. Ao saber do resultado do menino na competição WMTC, comemorou bastante.

Ela contou que o pequeno sempre gostou de números e é bastante estudioso, seja na escola ou em casa. “Nós ficamos felizes, mas ficamos mais felizes e orgulhosos ainda em ver o quanto Davi ama o processo de aprendizagem”, comentou.


MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: