search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Acusado de tráfico é preso após gravar vídeo ameaçando atirar contra posto da PM

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Acusado de tráfico é preso após gravar vídeo ameaçando atirar contra posto da PM


 (Foto: Taynara Nacimento) (Foto: Taynara Nacimento)

Três traficantes foram presos no final da tarde de segunda-feira (3), no Bairro da Penha, em Vitória. Entre eles, está um jovem apontado pela polícia como responsável por gravar um vídeo ameaçando atirar contra a base da PM.

Alan Tiago de Souza, de 19 anos, fez ameaças apontando uma arma para o Destacamento da Polícia Militar de São Benedito, no mesmo município. Contra ele havia um mandado de prisão em aberto.

Além de Alan Tiago, a polícia prendeu Jean Finamore Bento, de 21 anos, considerado o segundo na linha de sucessão para o comando no tráfico do Bairro da Penha e braço direito de Fernando Moraes Pereira, conhecido como Marujo, traficante chefe da facção “Trem Bala”, que é o braço armado do Primeiro Comando de Vitória (PCV), instalado no Complexo da Penha.

Jean já havia sido preso anteriormente e quando foi solto continuou ostentando armas de grosso calibre nas redes sociais.

“A polícia militar vai continuar prendendo esses indivíduos, se ele foi solto, vamos prender quantas vezes for necessário. A nossa missão está sendo cumprida que é prender quem está cometendo o ilícito. Nossa resposta sempre será sufocar quem insiste em bater de frente”, completou

Já o terceiro preso foi Gerson Lira da Silva Junior, de 19 anos, que é foragido do sistema prisional e estava com uma granada quando foi encontrado.

Além do Bairro da Penha, Andorinhas e São Benedito, também receberam a operação denominada de Saturação Qualificada, da Polícia Militar. Durante a ação, a Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesp) encontrou uma Pistola Glock, calibre 9mm, com seletor de rajada; três carregadores, sendo um com capacidade para 30 munições; 59 munições calibre 9mm; uma granada defensiva,R$ 11.574 mil em espécie e um rádio comunicador.

No Bairro da Penha, dois helicópteros deram apoio aos militares que desembarcaram já no alto do morro e desceram em incursão, nas proximidades da escadaria José Pimenta, os três foram encontrados.

“Essa escadaria é bem conhecida como local onde sempre ocorre bailes clandestinos, local conhecido como pinheiro e na escadaria, alguns indivíduos ficam armados para monitorar a subida da PM ou possível chegada de rivais. Além do Alan, os outros indivíduos são responsáveis por monitorar a região e serem informantes do tráfico”, completou.