search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Suspeito de matar idoso com golpe de canivete é preso no Sul

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Suspeito de matar idoso com golpe de canivete é preso no Sul


Um homem de 49 anos foi preso pela Polícia Militar no Centro de São José do Calçado, no Sul do Estado, acusado de matar com golpe de canivete o aposentado Antônio Cirino da Silva Filho, 63 anos.

O aposentado Antônio Cirino da Silva Filho, 63 anos, foi morto na noite do último domingo (24) (Foto: Acervo Pessoal)
O aposentado Antônio Cirino da Silva Filho, 63 anos, foi morto na noite do último domingo (24) (Foto: Acervo Pessoal)
O crime ocorreu por volta de 19h30 de domingo (24). Vizinhos socorreram o aposentado e o levaram para o hospital do município, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na instituição de saúde.

A esposa de Antônio Cirino, que o acompanhou até o hospital, informou para os policiais que estava em casa com o marido, quando o acusado o chamou do lado de fora dizendo que queria conversar.

No entanto, explicou a mulher, os dois começaram a brigar e o homem que foi até sua casa teria ferido seu marido. Em seguida, ele fugiu numa moto Honda Bros de cor vermelha.

PMs fizeram busca e encontraram o homem perto da residência dele, conduzindo a moto.

Segundo a polícia, o acusado alegou que foi conversar com o aposentado, pois ele estaria “perturbando” sua esposa. Durante a discussão, afirmou o suspeito, a vítima teria puxado uma faca. Nesse momento, ele pegou um canivete que estava na cintura e o golpeou no peito.

Os policiais o revistaram e encontraram dois canivetes com o acusado, sendo que um deles teria sido usado no crime. O suspeito mostrou aos PMs um pequeno ferimento no peito e alegou que teria sido provocado pela vítima.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados