search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Preconceito e sofrimento mental em tempos de pandemia
Tribuna Livre

Preconceito e sofrimento mental em tempos de pandemia

Vivenciar uma quarentena com todo o recolhimento que a mesma nos impõe (isolamento social e familiar), com mudança ou perda do trabalho, paralisação do ir e vir e a crise econômica que já bate às nossas portas, pode agir como um gatilho em pessoas predispostas a doenças mentais.

Em recente artigo científico publicado pela revista Asian Journal of Psychiatry, abordando a coronofobia e a cronofobia, sob uma perspectiva psiquiátrica, são abordadas alterações ligadas à pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19).

São muitas as ramificações psiquiátricas da Covid-19, entre elas os sintomas clássicos como depressão e ansiedade, que podem envolver pensamento suicida, vivenciados nos consultórios por profissionais de saúde envolvidos nos cuidados relacionados à pandemia.

Também estamos recebendo pacientes com dificuldades de adaptação e de enfrentamento, exacerbação de sintomas psiquiátricos prévios, além de novas doenças.

Algumas pessoas apresentam ataques de pânico, quando não pavor diante da ideia de perder o controle e impedir a contaminação. O medo de contaminar-se com alimentos vindos “de fora” (feira, supermercado, restaurantes), e de ter que ficar “confinado em casa”, acaba levando ao agravamento de sintomas do Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).

Outras pessoas têm necessidade compulsiva de estocar alimentos e produtos de limpeza, e há quem manifeste pavor absurdo da morte (tanatofobia), chegando a pensar em apressá-la, já que acredita que irá se contaminar.

No caso da cronofobia, definida como um medo irracional da passagem do tempo e por sentimentos de ansiedade, pânico e claustrofobia, ela tem se manifestado em pessoas psiquicamente mais fragilizadas.

Umas relatam que, ao precisarem ficar em quarentena, por contaminação ou suspeita de contaminação, ficam “contando dias, horas e minutos para que o toque de recolher termine” e o sofrimento passe.

Há, ainda, quem apresenta sintomas psicóticos, principalmente delírios, sem falar nas que passam a fazer uso abusivo de álcool e de substâncias ilícitas.

Algumas chegam a manifestar estresse pós-traumático, com lembranças frequentes, reais ou imaginárias, do sofrimento, além de pesadelos.

Os idosos, por estarem incluídos nos grupos de risco tanto para a contaminação quanto para as complicações, e consequente pior evolução da infecção, são vítimas, com frequência, de preconceito.

O isolamento social, infelizmente, subtrai do idoso sua vida social e familiar, já que ele não pode frequentar atividades religiosas, visitar amigos e parentes.

Para agravar o quadro, no Brasil, a maioria dos idosos tem pouca familiaridade com a internet e o uso de aparelhos eletrônicos, além de acesso precário, no caso da população de baixa renda.

Temos visto, com frequência, nesses tempos de pandemia, uma acentuada piora da saúde (mental e geral) dos idosos, pelas dificuldades de acessar recursos básicos. Em alguns casos, parece haver uma estigmatização da população mais velha (gerontofobia/ageísmo), entrelaçando fobias e pavores diversos.

Maria Benedita Reis é médica psiquiatra e psicogeriatra.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Motivação no isolamento torna a rotina menos estressante

Diante de uma pandemia e do isolamento social, pessoas com rotinas agitadas foram de repente obrigadas a desacelerar. Ganharam mais tempo com a família, aumentaram os afazeres de casa, tiveram seus …


Exclusivo
Tribuna Livre

Congresso tem mais funcionários do que 48 municípios do Estado

O Congresso Nacional aprovou e já está em pleno vigor a Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que trata da ajuda financeira a estados e municípios e estabelece o “Programa Federativo de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da educação após a pandemia do novo coronavírus

Estudos recentes, como em Todos pela Educação (05/2020), mostram que os desafios com que se defrontarão gestores e profissionais da Educação quando do retorno das aulas presenciais são de tal …


Exclusivo
Tribuna Livre

A digitalização dos planos de saúde acelerada pela pandemia

Grandes desafios podem provocar grandes revoluções. A necessidade de superar adversidades leva a humanidade a repensar hábitos e valores e a usar todo o seu potencial de criação. Nestes tempos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A importância da Lei da Fauna capixaba em tempos de Covid

Em dezembro de 2019, foi sancionada a Lei Estadual de Proteção à Fauna que, dentre outros assuntos, cuida da prevenção de doenças advindas da relação humana com os animais, alertando sobre o perigo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Relacionamentos abusivos mais evidentes durante a pandemia

É significativo o aumento de casos de violência doméstica durante o isolamento social. Mas, infelizmente, a pandemia apenas traz à tona questões já presentes. É num momento de excesso ou modificação …


Exclusivo
Tribuna Livre

Peste, indiferença e luta

Quando a peste resolve sair de seu recôndito esconderijo e assombrar a humanidade, o desespero e a indiferença vêm na bagagem. Desespero porque, por mais pestes e guerras que já tenham havido na …


Exclusivo
Tribuna Livre

Racismo no Brasil não gera a mesma repercussão que nos EUA

Os casos no Brasil ligados a crimes de racismo não geram a mesma repercussão que há nos Estados Unidos e para isso há razões muito específicas que justificam a banalização da violência racial no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem paga pensão tem o direito de saber como valores são gastos

Alicerçando-se nos princípios constitucionais da proteção integral da criança e do adolescente e da dignidade da pessoa humana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) modificou entendimento até então …


Exclusivo
Tribuna Livre

Profissões em alta na pandemia influenciam mercado de estágio

A pandemia do coronavírus desestruturou o mercado de trabalho. Além do aumento do desemprego, que subiu para 12,6% no trimestre encerrado em abril deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados