search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Havan negocia construção de lojas com quatro cidades no Espírito Santo

Notícias

Publicidade | Anuncie

Economia

Havan negocia construção de lojas com quatro cidades no Espírito Santo


Loja da Havan em Linhares: unidade foi inaugurada em 2015 (Foto: Divulgação/Havan)Loja da Havan em Linhares: unidade foi inaugurada em 2015 (Foto: Divulgação/Havan)

O Espírito Santo está no mapa de investimentos da Havan. A rede de lojas de departamentos de Luciano Hang negocia com quatro cidades capixabas para abrir empreendimentos: Cariacica, Vila Velha, Serra e Cachoeiro de Itapemirim.

De acordo com o corretor Adhemar Reis, da Imobiliária Mult Imóveis, que participa das negociações – com exceção de Serra - juntamente com Anderson Figueira, da AF Imobiliária, Cariacica é que está em processo mais adiantado.

Nesta cidade, a Havan está negociando a construção de uma loja no terreno da antiga garagem da Viação Itapemirim, em Alto Laje. O processo, segundo Adhemar, está bem adiantado, com expectativa do contrato ser assinado no prazo de 30 dias.

Em Cachoeiro de Itapemirim, diretores da empresa visitaram alguns imóveis e avaliam entre dois terrenos, na Safra e no bairro BNH. “Já tivemos uma visita no final do ano passado e esperamos retorno até o final do ano para definir quais destas áreas vão prosseguir”, disse Adhemar. Em Vila Velha ainda não há área escolhida.

Os terrenos visados pelos diretores da Havan tem em média 25 mil metros quadrados para construção de loja de 6 mil metros, além de estacionamento, depósito e prédio administrativo. Em média, cada loja gera 200 empregos.

A Havan não adquire o terreno. O contrato geralmente é de locação pelo prazo de 50 anos e a empresa constrói no imóvel locado.

“Realmente chegou a hora do Espírito Santo. O estado está no radar da Havan, que deve priorizar cidades com possibilidade de volume de vendas maior”, destacou Adhemar.

Para Adhemar, a vinda da Havan é importante para a economia de qualquer cidade. “Traz competitividade e diversidade de produtos, com preços atrativos. Havan se tornou uma loja de destino. As pessoas vão lá, levam a família, tem produto para todos, tem lanchonete e a Estátua da Liberdade atrai muita gente”, disse.

Para o corretor, a economia capixaba vive um bom momento. “É excelente. A economia está reagindo, o mercado está reagindo, o emprego voltando e as pessoas animadas, querendo comprar”, destacou.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.