X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Ministro diz que Colômbia deverá barrar entrada de Seleção Brasileira no país

| 05/03/2021 18:30 h

Tite com a lista dos convocados
Tite com a lista dos convocados |  Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O ministro da Saúde da Colômbia, Fernando Ruiz, afirmou nesta sexta-feira (5) que a Seleção Brasileira deverá ser barrada e não receberá autorização para entrar no país. Brasileiros e colombianos têm partida agendada para 26 de março, em Barranquilla, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

"Conseguimos conter a cepa brasileira (do coronavírus) e não seria possível autorizar a entrada de um voo do Brasil na Colômbia", disse Ruiz, segundo o jornal El Tiempo.

Há uma restrição de viagem da Colômbia para voos do Brasil e o ministro não crê em uma liberação especial para entrada no país mesmo para um voo fretado da seleção brasileira. "Hoje seria muito difícil qualquer voo do Brasil (para a Colômbia). Não haveria como justificar a abertura", afirmou.

A Conmebol vem sofrendo pressão para adiar os jogos programados das próximas rodadas das Eliminatórias.
Além da Colômbia, o Brasil enfrenta a Argentina, em 30 de março, na Arena Pernambuco.

Oficialmente, a entidade sul-americana ainda mantém sua posição de pedir à Fifa a liberação dos jogadores que atuam na Europa, o que a entidade não tem conseguido. Mas o cenário atual da pandemia é considerado praticamente inviável para realização dos jogos.

Com isso, deve aceitar o adiamento dos jogos das eliminatórias da Copa marcados para o final de março e início de abril.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS