Login

Atualize seus dados

Geovana Mascarenhas explica 
que alguns sintomas da dificuldade em aprender são claramente perceptíveis
Especial Educação

Estratégias para desenvolvimento da aprendizagem

Segundo especialista, os atrasos no processo de estudo de crianças estão associados a um comprometimento de certas áreas do cérebro

18/10/2021 00:00:00 min. de leitura

Imagem ilustrativa da imagem Estratégias para desenvolvimento da aprendizagem
Geovana Mascarenhas explica que alguns sintomas da dificuldade em aprender são claramente perceptíveis Foto:
 

O ano passado e também este ano  são diferentes de todos os anteriores, impondo ainda mais desafios a educadores, pais e estudantes. Mas o que fazer quando o aluno apresenta dificuldades de aprendizagem?

A neuropsicopedagoga Geovana Mascarenhas destaca que as principais dificuldades de aprendizagem estão associadas a um comprometimento no funcionamento de certas áreas do cérebro.

“Uma criança com problemas de aprendizagem pode ter um nível normal de inteligência e capacidade visual e auditiva. Mas sua dificuldade está em captar, processar e dominar as tarefas e informações, e logo a desenvolvê-las posteriormente”, explica.

De acordo com Geovana, alguns sintomas são claramente perceptíveis como atraso no desenvolvimento global, aquisição lenta do vocabulário, baixo rendimento escolar, falta de interesse nos estudos, dificuldade no raciocínio lógico, falta de atenção e concentração, alfabetização não consolidada e dificuldade para compreender e interpretar o que lê.

Segundo a neuropsicopedagoga, nestes casos, o primeiro passo é uma mudança na abordagem educacional da escola. “Mas se mesmo assim o aluno continua apresentando os mesmos sintomas, outras possibilidades deverão ser investigadas”, alerta.

Se for constatado que, mesmo diante das intervenções da escola, a criança ainda assim não demonstra avanços, a especialista afirma que é hora de garantir uma condução adequada por uma equipe multidisciplinar.

“Especialmente neurologistas, psiquiatras, psicólogos, neuropsicopedagogos e fonoaudiólogos para que se possa oferecer uma visão holística do aluno em questão”.

Geovana explica que o principal papel do neuropsicopedagogo é descobrir junto ao aluno, família e escola as melhores estratégias de estudo e aprendizagem.

“O neuropsicopedagogo visa atender, intervir e orientar o aluno e sua família, assim como a escola, esclarecendo sobre os obstáculos que interferem diariamente na vida da criança e possibilidades de vencer as barreiras existentes”.

Imagem ilustrativa da imagem Estratégias para desenvolvimento da aprendizagem
Mudança na abordagem educacional da escola pode ajudar a melhorar o desenvolvimento de aprendizado dos pequenos alunos Foto:
 

Saiba mais

Entenda a neuropsicopedagogia

Problemas de aprendizagem

  • Sinais: atraso no desenvolvimento global, aquisição lenta do vocabulário, baixo rendimento escolar, falta de interesse nos estudos, dificuldade no raciocínio lógico, falta de atenção e concentração, alfabetização não consolidada e dificuldade para compreender e interpretar o que lê.

O que fazer

  • Nestes casos, o primeiro passo é uma mudança na abordagem educacional da escola, mas, se mesmo assim o aluno continua apresentando os mesmos sintomas, outras possibilidades deverão ser investigadas, o que poder ser feito por um neuropsicopedagogo.
  • O papel do especialista em neuropsicopedagogia é investigar os problemas existentes no processo do aprendizado. Ele visa atender, intervir e orientar o aluno e sua família, assim como a escola.

Atendimento

  • A neuropsicopedagoga Geovana Mascarenhas atende em Vila Velha, na avenida Santa Leopoldina, 1029, Ed. Agostinho Fava, Coqueiral de Itaparica. Tel: 99258-4842.