X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Confira dicas de como ter uma boa relação com os vizinhos

Alguns frequentam as casas uns dos outros, fazem confraternizações, viagens, formam sociedades e são praticamente uma família

Cristina Oliveira, do jornal A Tribuna | 10/01/2022 14:17 h

Há um ditado antigo que diz: “Os vizinhos são os primeiros parentes”. Mas, para algumas pessoas, eles são até mais do que isso: se tornaram verdadeiros amigos.

Discussões por som alto, por cachorros latindo de madrugada, obras na casa e brigas entre crianças não fazem parte da rotina dos personagens entrevistados pelo AT2.

Pelo contrário. Eles frequentam as casas uns dos outros, fazem confraternizações, viagens, formam sociedades, crescem juntos. São praticamente da família. 

Para a palestrante e psicóloga Alessandra Augusto, isso é resultado de um tripé formado pelo respeito, flexibilidade e diálogo. “Os vizinhos que conseguem construir essa boa relação é respeitando essas três peças fundamentais da relação. Por exemplo, eu tenho de saber que no dia que o time do meu vizinho ganhar, ele vai comemorar e eu tenho que ser flexível. O indivíduo que vive muito enrijecido não vai ter um bom relacionamento”, explica.

A doutora em Linguística e especialista em Comunicação Vivian Rio Stella salienta que outro segredo da boa convivência está na afinidade, já que quem tem os mesmos hábitos e gostos é mais fácil criar uma relação amistosa. 

Mas ela esclarece que no meio disso tudo surgem os conflitos, como nas assembleias ou grupos de WhatsApp, onde são criadas inimizades por conta das poucas informações que há sobre a outra pessoa.

“E nem sempre encontramos novamente aquele vizinho com quem trocamos mensagens menos amistosas ou até rudes. E esse muro que foi criado não gera aproximação”, diz.

Para a life coach e analista comportamental Elizabeth Stein, os vizinhos podem ter uma relação de amor ou ódio, mas tudo depende de trabalhar a empatia, entender, aceitar e buscar uma comunicação mais assertiva segundo o comportamento do outro. 

“O segredo da boa vizinhança é melhorar a comunicação. Não trate seu vizinho como você gostaria de ser tratado. Trate seu vizinho com respeito, mas como ele precisa ser tratado, de acordo com o perfil de comportamento dele”, destaca.

As amigas Dhaiany Martins e Katiana Santos são vizinhas desde a infância
As amigas Dhaiany Martins e Katiana Santos são vizinhas desde a infância |  Foto: Kadidja Fernandes/AT
 

Amigas e confidentes

Vizinhas desde a infância, Dhaiany Martins de Mattos, 32, e Katiana Santos Correa Rabelo, 41, se tornaram grandes amigas e confidentes. Momentos como sair para festas ou mesmo tomar um café juntas não são raros. “Somos parceiras. Compartilhamos todos os momentos. E ela sempre me fala: 'Calma, amiga! Tudo passa'”, salienta Dhaiany. 

Para Katiana, o importante é o respeito. “Temos maturidade e aceitamos e respeitamos o pensamento uma da outra”, diz.

Imagem ilustrativa da imagem Confira dicas de como ter uma boa relação com os vizinhos
 

Sociedade

Após o filho de Gustavo Diniz, 43, e Kamila Dal’Col, 39 (à esquerda) quebrarem o espelho do casal Vanessa Mota, 47, e Adriano Mota, 49 (à direita), em 2013, eles se tornaram grandes amigos e sócios. 

Todos moram num condomínio em Vila Velha e participam de várias confraternizações, viagens e até montaram uma sociedade.

Imagem ilustrativa da imagem Confira dicas de como ter uma boa relação com os vizinhos
 

Empatia

Há dois anos, a consultora de beleza Priscilla Oliveira, 34, construiu uma forte amizade com sua vizinha, a técnica de enfermagem Maria Hilza da Silva, 35. “O segredo é ter empatia”, diz Priscilla.


CONFIRA AS DICAS


1 - É preciso querer. Há muitas pessoas que moram em condomínios, mas não estão abertas ao convívio, apenas moram num espaço compartilhado com outras famílias. 

2 - Comunique-se. Para construir uma amizade, vale perguntar nome, dizer bom dia, conversar amenidades em espaços de convivência para ir sentindo mais quem é a outra pessoa. E você poderá se abrir mais.

3 - Respeite o espaço compartilhado. O espaço compartilhado, como em condomínios, é feito por todos e para todos. Por isso, é preciso ter um olhar mais paciente e acolhedor para evitar problemas e inimizades.

4 - Confraternizações Se quer estreitar relações com seus vizinhos (as), que tal fazer um convite para uma confraternização? Vale um almoço ou uma conversa para uma troca de ideias.

Fonte: Doutora em Linguística Vivian Rio Stella.


TIPOS DE VIZINHOS


Detalhista

  • Gosta de regras.
  • Sempre que for se direcionar a ele (a), dê atenção aos detalhes, seja realista.
  • Em caso de conflito: Dialogue com ele (a) apoiado (a) em dados precisos. Apresente regras, seguranças e garantias.

Paciente

  • O famoso “pavio longo”.
  • É preciso saber o real sentido da gentileza para lidar com ele (a), e de muita simpatia. Demonstre interesse verdadeiro em sua pessoa.
  • Em caso de conflito:  Converse o mais suave possível, se concentre em como resolver as coisas. Evite tom de voz forte e não seja exigente demais.  

Persuasivo

  • Aquele que gosta de influenciar uma ação, persuadir. 
  • Seja sempre caloroso (a) com ele (a). Demonstre seu interesse em ter uma boa relação. Deixe-o (a) falar. Elogie sempre que possível.
  • Em caso de conflito: Não diga diretamente o que ele (a) tem que fazer. Converse em um ambiente mais descontraído e demonstre sua preocupação com os sentimentos dele (a). Deixe que ele (a) participe das decisões a serem tomadas.

Controlador

  • Gosta de dominar.
  • Quando conversar com ele (a), evite muitos detalhes. Vá direto ao ponto. Atenha-se a assuntos relevantes e não abuse da sociabilidade.
  • Em caso de conflito: Esteja bem preparado (a), seja específico (a), breve e em vez de apontar pontos negativos, dê sugestões de como alcançar os objetivos.

Fonte: Life coach e analista comportamental Elizabeth Stein.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS