search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Drogas e o bafo de Adolf Hitler
Doutor João Responde

Drogas e o bafo de Adolf Hitler

Antes mesmo de tornar-se viciado em estimulantes, administrados pelo médico Theodor Morell, Adolf Hitler já manifestava sua natureza perversa.

A relação entre o famoso paciente e o egocêntrico médico começou após uma queixa de Hitler quanto a dores abdominais, além de gases e eczemas nas pernas.

Inicialmente, Morell prescreveu um remédio chamado Mutaflor, para regular a flora intestinal do ditador. Aliviado, o nazista decidiu nomear Morell seu médico pessoal.

Mergulhado nas questões mundiais, Hitler solicitava a Morell que lhe prescrevesse drogas estimulantes, capazes de mantê-lo disposto e alerta. Muitas decisões de seu governo foram tomadas enquanto ele estava sob o efeito de drogas.

Coquetéis, contendo fármacos sintéticos, cocaína, hormônios e testosterona faziam parte do receituário de Hitler.

Sua droga preferida era o Pervitin, anfetamina que aumentava sua resistência física e mental. Além dos prejuízos neurológicos causados pelo estimulante, destacam-se as manifestações bucais, gerando diminuição do fluxo salivar, xerostomia, doença periodontal e cáries, produzindo desgaste anormal dos dentes. O uso de substâncias psicoativas também provoca halitose e gengivite.

Em estudo recente, pesquisadores franceses analisaram amostras dos dentes do ditador alemão.
Hitler suicidou-se junto à sua amante, Eva Braun, em 30 de abril de 1945 e ambos os corpos foram cremados.Dias após o ocorrido, os soviéticos tomaram Berlim e encontraram restos carbonizados de Hitler próximo ao seu bunker. Grande parte havia sido destruída pelo fogo, porém, um pequeno pedaço da mandíbula superior e alguns dentes do nazista foram encontrados e guardados pelos russos.

Em 2017, o serviço secreto da Rússia autorizou uma equipe de pesquisadores a examinar os restos do ditador, pela primeira vez na história.

A análise da arcada dentária de Hitler concluiu que ele tinha apenas quatro dentes originais para outros tantos metálicos e falsos. Dos poucos verdadeiros que restavam, muitos tinham sinais severos de tártaro e periodontite. Mas nenhum trazia restos de proteína animal, o que corrobora a teoria de que Hitler era vegetariano. Nos dentes metálicos os pesquisadores encontraram pequenos depósitos azulados, sugerindo uma reação química entre um possível envenenamento por cianureto e o metal das próteses.

Os investigadores também analisaram um fragmento craniano atribuído a Hitler e mantido em posse dos russos. A peça tem um buraco no lado esquerdo do cérebro, indicando a região em que a arma foi disparada.

A equipe também conferiu o material com radiografias oficiais dos arquivos dos EUA e registros odontológicos de Hitler e confirmaram a veracidade dos restos estudados.

Enquanto turbinava sua megalomania com drogas, Hitler submetia os circunstantes ao jugo de seu hálito pestilento.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Doutor João Responde

A tortura da coluna travada

Estima-se que uma expressiva quantidade de pessoas tenha ao menos um episódio de dor na coluna, ao longo da vida. Em alguns casos, ela surge de forma tão intensa que deixa o indivíduo impossibilitado …


Exclusivo
Doutor João Responde

Perda de olfato

Anosmia é uma condição que corresponde à perda total ou parcial do olfato. Essa alteração pode estar relacionada com situações temporárias, como acontece durante uma gripe ou resfriado. Pode …


Exclusivo
Doutor João Responde

Efeito rebote de medicamento

Do mesmo jeito que uma bola volta a saltar quando a jogamos, os sintomas de uma doença podem reaparecer quando cessa o efeito daquilo que inicialmente a aliviou. Essa reversão da resposta, após a …


Exclusivo
Doutor João Responde

A sede lembra o valor da água

O ser humano não vive sem oxigênio, água ou alimento. Quando um destes falta ou escasseia, sua sobrevivência fica seriamente ameaçada. Nosso organismo não consegue ultrapassar quatro minutos sem …


Exclusivo
Doutor João Responde

Alívio da dor oncológica

De todos os sintomas que o paciente com câncer apresenta, a dor é sempre o mais temido. O sofrimento dessas pessoas é resultado da interação da percepção dolorosa associada à incapacidade física, ao …


Exclusivo
Doutor João Responde

Tutano: o miolo dos ossos

O corpo humano contém milhões de células. Todas elas exercem funções importantes no desenvolvimento do organismo, como, por exemplo, as células-tronco, que são encontradas na medula óssea. Medula …


Exclusivo
Doutor João Responde

Síndrome de Down e a ternura

O impacto do diagnóstico de um bebê com síndrome de Down pode trazer à tona sentimentos de medo, culpa, tristeza, vergonha e insegurança. Cada pessoa tem uma forma peculiar de lidar com esses …


Exclusivo
Doutor João Responde

Sono ninado pela melatonina

Diante do cansaço mental, as concentrações de oxigênio vão diminuindo no cérebro. Para compensar, o indivíduo começa bocejar, evidenciando vontade de dormir. Durante o sono, o sistema imunológic…


Exclusivo
Doutor João Responde

Valioso hemograma completo

Quando o médico solicita uma coleta de sangue, ele precisa dizer para o laboratório o que pretende que seja analisado na amostra enviada. Caso queira saber como andam os níveis de colesterol ou …


Exclusivo
Doutor João Responde

Relato sobre minha vacinação

A expectativa de ser vacinado contra a Covid-19 mexeu com meu sono. Assim que amanheceu, corri para o consultório visando adiantar o atendimento aos meus pacientes, já que o horário agendado para o …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados