search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Dez chás para aumentar a imunidade

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Dez chás para aumentar a imunidade


A Nutricionista Gabriela Rebello afirmou que o chá de romã  possui funções antivirais e antitumorais (Foto: Beto Morais/AT)
A Nutricionista Gabriela Rebello afirmou que o chá de romã possui funções antivirais e antitumorais (Foto: Beto Morais/AT)

Diversos alimentos, como salmão, alho e castanha-do-pará são listados como auxiliares no aumento da imunidade. Assim como esses alimentos, os chás também podem ajudar o organismo nessa área.

Por isso, a pedido da reportagem, especialistas listaram 10 chás que podem auxiliar no fortalecimento do sistema imunológico e ajudar no combate às gripes e aos resfriados, por exemplo.

Mas, médicos e nutricionistas fazem uma recomendação: para que esses chás façam efeito é preciso ter uma alimentação saudável, além da prática de exercícios físicos.

Um dos chás indicados pelos especialistas é a echinacea purpurea, uma planta medicinal com propriedades anti-inflamatórias e antialérgica, recomenda para o tratamento de infecções respiratórias.

O chá de genciana, segundo a nutricionista Fernanda Pignaton, é um dos que auxiliam na prevenção de resfriados. “Ele é muito usado para doenças do trato respiratórios como bronquite e sinusite, além de melhorar o sistema imunológico. Alguns estudos mostram que ele também auxilia no aumento da produção de glóbulos brancos”.

Fernanda lembra que nem todos podem consumir chás, como crianças e gestantes, já que alguns chás podem ser abortivos.

A nutricionista Gabriela Rebello, colunista de A Tribuna, destacou que o chá de romã possui funções antivirais e antitumorais, além de vitamina A, C e E, e ácido fólico que participam das células do sistema de defesa.

“Temos também o chá de astrágalo chinês que é um imunoestimulante para reduzir a incidência do resfriado comum e gripe. É usado para reforçar a recuperação e reduzir a fadiga. Deve-se ser consumida uma xícara de cada tipo de chá ao dia”.

A nutricionista Cleide Kriger lembra que as orientações de consumo adequado, tanto para chás em folhas quanto as prescrições em cápsulas ou pós, devem ser prescritos e orientados por um profissional médico ou nutricionista.

A médica homeopata Henriqueta Tereza do Sacramento explicou que uma alimentação rica em gorduras e açúcares, álcool e tabaco em excesso, e o não consumo de verduras e legumes, podem causar baixa na imunidade.

Ela ressaltou que a resposta do corpo à ação dos chás depende da dose dos preparados; do horário, modo e duração da administração do chá e do estado imunológico da pessoa no início do tratamento.


Confira os chás


Orientações

  • Especialistas afirmam que para que os chás possam fazer efeitos, e auxiliar na melhora da imunidade, é necessário ter uma alimentação saudável, com a ingestão de cereais integrais, hortaliças, frutas, oleaginosas.

  • É indicado evitar frituras, doces em excesso, carnes com alto teor de gordura e alimentos industrializados. Também deve-se praticar atividades físicas regularmente.

Comprovação

  • Segundo os especialistas, estudos demonstram que beber chá, em infusão, pode contribuir para a saúde do corpo, fortalecendo a imunidade.

  • Mas deve-se ter cuidado quanto à quantidade. O excesso de chá pode levar a perda de vitaminas e minerais, principalmente, pela urina. O recomendável é um xícara para cada tipo de chá, não ultrapassando o máximo de três xícaras por dia.

  • Há também chás que não devem ser consumidos por crianças e grávidas.

  • Os chás devem ser usados com orientação de um profissional.

Opções

Diversidade de chás que podem beneficiar a saúde, sendo indicado uma xícara ao dia por tipo de chá (Foto: Beto Morais/AT )
Diversidade de chás que podem beneficiar a saúde, sendo indicado uma xícara ao dia por tipo de chá (Foto: Beto Morais/AT )

1 - Chá de echinacea purpurea

  • É uma planta medicinal com propriedades anti-inflamatórias e antialérgica, recomenda para o tratamento de infecções respiratórias. O chá pode ser feito com raízes.

2 - Chá de genciana

  • Ajuda na prevenção de gripe e resfriados. É muito usado para doenças do trato respiratórios como bronquite e sinusite, além de melhorar o sistema imunológico. Alguns estudos mostram que ele aumenta a produção de glóbulos brancos.

3 - Chá de romã

  • Possui função antivirais e antitumorais, além de vitamina A, C e E, e ácido fólico que participam das células do sistema de defesa.

4 - Chá de jabuticaba

  • Auxilia na prevenção de doenças como câncer e aterosclerose, e o envelhecimento precoce, por ser rico em antocianinas, que são compostos fenólicos altamente antioxidantes; além de fortalecer o sistema imunológico, por ser rico em zinco.

5 - Chá de limão

  • O limão é considerado um ótimo desintoxicante do organismo. Auxilia na eliminação de toxinas que causam infecções e doenças do organismo.

6 - Chá de astrágalo chinês

  • É imunoestimulante para reduzir a incidência do resfriado comum e gripe. É usado para reforçar a recuperação e reduzir a fadiga.

7 -Chá de tomilho

  • Erva aromática traz propriedades medicinais nas suas folhas, que podem ser usados para tratar problemas como bronquite e tosse.

8 - Chá de gengibre

  • Possui componentes com propriedades anti-inflamatórias e atua na melhora do metabolismo.

9 Chá de cúrcuma

  • Tem ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva, auxiliando no tratamento de problemas como resfriados.

10 - Chá de tanchagem

  • Tem propriedades antibacteriana, desintoxicante, expectorante, analgésica e anti-inflamatória. Pode ser usada em caso de doenças respiratórias e infecções das vias respiratórias.

Fonte: Especialistas citados e pesquisa AT.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados