X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

OMS: não há evidência de que 4ª dose de vacina será necessária para todos

Diretora do Departamento de Imunização da OMS disse ainda que o desafio é fazer com que elas cheguem igualmente a todos as nações

Agência Estado | 21/01/2022 15:17 h

A diretora do Departamento de Imunização da Organização Mundial da Saúde (OMS), a médica Kate O'Brien, afirmou que ainda não há evidências de que a quarta dose da vacina contra a covid-19 será necessária para todos. Segundo ela, também ainda não há evidência da necessidade de dose adicional em crianças de 5 a 11 anos.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira na qual foi divulgado um roteiro para priorizar o uso de vacinas, O'Brien destacou que os países devem primeiro atingir altas taxas de cobertura entre os grupos prioritários, como idosos e profissionais de saúde, antes de oferecer dose adicional aos outros grupos. "Sabemos que algumas pessoas de alta prioridade têm que tomar três doses e uma adicional", afirmou.

Ela destacou que a oferta de vacina deve ser suficiente para a maioria dos países de 2022, mas o desafio é fazer com que elas cheguem igualmente a todos as nações. "Temos países com menos de 10% de cobertura", destacou.

Sobre a Ômicron, a diretora afirmou que ainda não há uma vacina específica para a variante, mas a OMS irá acompanhar o desenvolvimento da mesma pelas fabricantes.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS