search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Cinemas são liberados, mas ainda não reabrem

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Cinemas são liberados, mas ainda não reabrem


Movimento no Shopping Vitória (Foto: Leone Iglesias)Movimento no Shopping Vitória (Foto: Leone Iglesias)

Com a mudança de classificação da categoria de risco alto para o moderado em Vitória, diversas atividades já estão liberadas para funcionar na Capital. É o caso dos cinemas, que estão fechados desde o dia 18 de março. Mas os amantes dos filmes, no entanto, vão ter de esperar.

Dos três cinemas que funcionam em Vitória, somente o do Shopping Norte-Sul tem data marcada para o retorno: a próxima quinta-feira, de acordo com a administração. Já o Shopping Jardins ainda se planeja para a retomada das sessões de filmes, o que vai acontecer somente no próximo mês.

“Por enquanto, o shopping está investindo em modalidades de divulgação e compra, através de um novo site”, informou o Jardins, por meio de nota.

Já o Shopping Vitória ainda não tem previsão de retorno das exibições, segundo a rede de cinemas que opera no local. A assessoria de imprensa da rede Cinemark não informou o motivo.

Vitória é o único município da região metropolitana classificado em risco moderado, que inclui outras 30 cidades, todas de outras regiões do Estado.

De acordo com o governo do Estado, a redução do número de mortes e internações por Covid-19 fez com que as cidades da Grande Vitória passassem a ser analisadas de forma individual, e não mais em um único bloco, como estava sendo antes.

Isso permitiu flexibilizar as regras apenas na capital. Com isso, todos parques da cidade voltaram a abrir ontem, de acordo com a prefeitura.

Os bares, que não estavam podendo funcionar, também estão liberados para abrir as portas e receber clientes todos os dias da semana, assim como os restaurantes. Há, no entanto, uma restrição de horário a ser cumprida.

Já as lojas de rua e dos shoppings passam a funcionar sem nenhuma restrição de dia e horário.

Lazer

Andressa Pedreira, 42, levou a filha Eva, 1, para brincar em área de shopping (Foto: Dayana Souza/ AT)Andressa Pedreira, 42, levou a filha Eva, 1, para brincar em área de shopping (Foto: Dayana Souza/ AT)

O que já retornou nos shoppings são as áreas de recreação infantil. No Shopping Vitória, as atrações que estavam fechadas foram reabertas ontem, e a funcionária pública Andressa Pedreira, 42 anos, já aproveitou o primeiro dia com a filha Eva, de 1 ano.

Apesar dessa liberação, seguem proibidas as piscinas de bolinhas, além das atrações infantis em locais confinados.


SAIBA MAIS


Cidades em risco moderado

  • Vitória, Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Brejetuba, Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iúna, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, São Mateus e Sooretama.

O que pode funcionar

  • Bares, lanchonetes, restaurantes, distribuidoras de bebida
  • Podem funcionar de segunda a sábado, das 10h às 22h e, no domingo, das 10h às 16h.
  • Esse limite de horário não é aplicado para comercialização remota, com a retirada pelo cliente de produtos em área externa do estabelecimento ou a entrega por delivery.
  • Lojas e shoppings
  • Fica autorizada a abertura e o atendimento presencial no comércio de rua e em shoppings sem restrição de horário.
  • Eles devem cumprir os protocolos de capacidade, higiene e distanciamento, respeitar o limite de uma pessoa a cada 10m de área do local, e outras regras.

Cinema, teatro, circos e similares

  • Liberados, mas respeitando o limite máximo de uma pessoa a cada 10 metros quadrados de área local.
  • Espaço de lazer e recreação infantil
  • Liberados nos shoppings, mas com proibição de piscina de bolinhas; vedada a disponibilização de atrações infantis que demandem permanência em espaços confinados, como salas de cinema 3D/4D, cabines de aviõezinhos, helicópteros, e outros.

Supermercados e padarias

  • Podem funcionar sem restrição de dias e de horários.

Academias

  • Liberado o funcionamento, mas vedada a realização de atividades aeróbicas coletivas. No caso da capacidade, elas devem atender a proporção de um aluno a cada 15m.

Eventos

  • Eventos coorporativos, sociais, acadêmicos e científicos são liberados desde que respeitada a capacidade, com limite de até 300 pessoas.
  • Pista de dança não está liberada.

Aulas

  • O retorno às aulas está liberado de forma presencial para todos os alunos.
  • Apesar da liberação da volta às aulas presenciais, o retorno continua sendo opcional, ou seja, quem preferir, pode continuar com o ensino remoto.

Fonte: Governo do Estado.