X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Teste genético revela origem dos ancestrais

| 16/08/2021 17:45 h

Que tal descobrir de onde vêm os seus antepassados, as doenças que você pode desenvolver e, até mesmo, quais as melhores rotinas de cuidado com a pele, tendo como base o seu perfil genético?

Quem ficou impressionado com o resultado do seu teste genético foi o engenheiro ambiental Luiz Feliphe Bravin, de 25 anos
Quem ficou impressionado com o resultado do seu teste genético foi o engenheiro ambiental Luiz Feliphe Bravin, de 25 anos |  Foto: Antonio Moreira/AT
Com uma pequena quantidade de saliva, é possível ainda receber um mapeamento dos ancestrais, ou seja, em quais países eles viveram, segundo o geneticista Rodrigo Pratte. “Geralmente, os laboratórios conseguem analisar até oito gerações”, diz.

Entre outras utilizações, os testes genéticos também auxiliam na prescrição de medicamentos, de acordo com ele.

Isso porque os testes ajudam a entender todas as reações possíveis que uma pessoa pode ter a um determinado remédio.

Além da descoberta das origens, através de informações do DNA, é possível entender melhor as características físicas, os traços de personalidade e a predisposição a doenças.

“Podemos descobrir mutações cromossômicas ligadas a diversos tipos de câncer”, conta o médico patologista João Cremasco, dono de um laboratório que faz esse tipo de teste.

O médico e PhD em Genética Humana e Molecular Iúri Drumond Louro cita o caso da atriz americana Angelina Jolie.

“Após saber que tinha predisposição para câncer de mama e ovário, ela fez cirurgias retirando esses órgãos e minimizando seu risco”, destaca.

Segundo ele, as tecnologias de análise de perfis de DNA evoluíram e baratearam muito nos últimos anos, após o surgimento de uma nova técnica que permitiu o levantamento do genoma humano completo em 2000, o Sequenciamento de Próxima Geração (NGS, na sigla em inglês).

Os testes genéticos são cada vez mais solicitados. De acordo com o laboratório Genera, a procura aumentou em vinte vezes entre 2019 e 2020.

O sócio-fundador da empresa, o médico Ricardo di Lazzaro Filho explica que, neste ano, o crescimento é constante e está ainda mais acelerado.

“Essa procura está atrelada ao fato de que mais da metade dos brasileiros tiveram suas histórias apagadas, de maneira até dolosa, devido a todo o nosso passado de escravidão”, pontua.

  • O que é DNA?

A sigla DNA significa ácido desoxirribonucleico, é uma molécula que fica dentro de praticamente todas as células que compõem o corpo humano, contendo em si toda a informação genética que integra e gerencia cada pessoa.
O DNA é organizado de forma compactada em 46 estruturas chamadas de cromossomos, sendo 23 da mãe e 23 do pai. O conjunto deles corresponde ao genoma humano.

  • Mapeamento genético

Foi o que permitiu a descoberta do genoma humano. A partir disso, é possível saber a localização de genes que conferem determinadas características, ao longo dos cromossomos.
Esse levantamento permitiu o desenvolvimento dos testes genéticos.

  • O que são testes genéticos?

São exames, realizados com finalidades diferentes, onde as células do corpo são decodificadas, com o objetivo de levantar informações sobre o DNA do indivíduo.
Atualmente, as empresas do ramo têm crescido e disponibilizado testes cada vez mais baratos e completos.

  • Como se chega aos resultados?

As empresas trabalham com uma base de dados de milhões de pessoas, de diferentes regiões do mundo, e podem comparar a amostra do indivíduo com a dessas comunidades.
As informações são agrupadas de acordo com o perfil genético de cada um.

  • Tipos de testes

Além da descoberta da ancestralidade, são diversos tipos de dados sobre saúde, bem-estar e comportamento que a pessoa pode escolher para constar nos seus resultados.
Os resultados são apenas tendências genéticas, portanto, não substituem diagnósticos médicos.

  • Doenças

O teste ajuda na escolha de tratamentos médicos e a entender reações a medicamentos.
É possível identificar genes que sofreram mutações e que são as principais causas de doenças.
Algumas delas são: câncer, Alzheimer, Parkinson, infarto do miocárdio, entre outras.

  • Nutrição e condicionamento físico

Podem aparecer ainda tendências à deficiência de certas vitaminas e propensão à hipertensão e à obesidade.
O teste pode ajudar a descobrir o porque uma pessoa tem dificuldade de perder peso.
Também é usado para identificar melhores formas de aumentar o desempenho de atletas, como melhorar a resistência física e o ganho de massa muscular.

  • Questões comportamentais

Também ajuda a desvendar a origem de alguns comportamentos, como a maneira de lidar com o estresse, os níveis de sociabilidade, impulsividade e a predisposição ao alcoolismo.

  • Outras informações

podem trazer informações sobre os nível de fotoenvelhecimento, longevidade, tendência à calvície masculina, sensibilidade ao sol, risco de acne, fome emocional e sensibilidade à cafeína.

  • Como é feito o teste?

Ao comprar os testes, a pessoa pode ter duas opções: fazer a coleta presencialmente, por meio do sangue, ou comprar um kit para coleta domiciliar.
Coleta domiciliar: é feita a partir de amostras de líquidos corporais, geralmente saliva, colhidas pela própria pessoa, que recebe um kit pelo Correio, com instruções de como proceder.
Após receber o kit, a pessoa deve encaminhar a amostra ao laboratório pelo Correio.

  • O resultado

A chegada dos resultados, depois do envio das amostras, varia entre 24 e 42 dias.
Geralmente, A pessoa pode consultar, em plataforma online, os resultados do teste.

  • Valores

Existem diversos tipos de testes e os valores dependem do tipo de informação que será levantada. O preço varia entre R$ 199 e R$ 1.499.

Fonte: Especialistas entrevistados e pesquisa AT.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS