X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Quinze hábitos do dia a dia que causam rugas

| 20/10/2020 11:58 h | Atualizado em 20/10/2020, 12:11

O envelhecimento é um processo natural do corpo, no entanto, alguns hábitos interferem na saúde da pele e contribuem para o desgaste precoce, com o surgimento das temidas rugas.

Especialistas alertam que o maior inimigo da pele é o sol. A exposição solar sem proteção contribui para o envelhecimento por conta dos raios ultravioletas que danificam as células e causam manchas.

“Não é só a exposição de quando vamos à praia, mas aquele sol do dia a dia. Mesmo que sejam 15 minutos de exposição. Isso causa um grau de envelhecimento grande, além de aumentar o risco de câncer de pele”, explicou a dermatologista Juliana Drumond.

A má alimentação também é um fator que contribui, não só para o envelhecimento precoce, como também prejudica no funcionamento do organismo. O açúcar em excesso, por exemplo, pode ativar o processo de aparecimento de rugas cedo, além de levar à perda do colágeno.

Karina Mazzini diz que uma alimentação natural, rica em proteínas e vegetais, torna a pele mais saudável
Karina Mazzini diz que uma alimentação natural, rica em proteínas e vegetais, torna a pele mais saudável |  Foto: Leone Iglesias/ AT

“A pele é o maior órgão do corpo e fica exposta. A maneira como a gente vai cuidar dela é o que vai definir como ela vai se comportar. A pessoa precisa buscar uma alimentação mais natural, rica em proteínas e vegetais. Isso já faz muita diferença”, disse a dermatologista Karina Mazzini.

Um hábito muito comum, que também prejudica a pele, é esfregar os olhos. “O hábito de esfregar ou exagerar na força na hora de remover a maquiagem da região é prejudicial para o tecido cutâneo, já que a ação pode causar danos à pele delicada dos olhos, favorecendo o surgimento de rugas, flacidez e olheiras”, alertou a dermatologista Paola Pomerantzeff.

Dormir de barriga para baixo ou com o rosto 100% virado para o travesseiro pode formar rugas estáticas e atrito. Com isso, o envelhecimento ocorre com demarcações mais profundas.

Hábitos que aceleram o envelhecimento

1 Não usar protetor solar

  • A exposição solar sem o uso de protetor é um dos principais agressores da pele e aceleradores do processo de envelhecimento.
  • A radiação solar leva a um dano cumulativo, deteriorando as fibras de colágeno e elastina e gerando danos ao DNA, o que favorece o surgimento de rugas, flacidez, manchas e até de câncer de pele.

2 Esfregar os olhos

  • O hábito de esfregar os olhos ou exagerar na força na hora de remover a maquiagem da região é prejudicial para o tecido cutâneo, já que a ação pode causar danos à pele delicada dos olhos, favorecendo o surgimento de rugas, flacidez e olheiras.

3 Dormir de barriga para baixo

  • Dormir com o rosto virado para o travesseiro ou sempre do mesmo lado pode formar rugas estáticas devido à pressão e atrito causado pelo contato do rosto com o travesseiro.
  • Para quem não consegue deixar o hábito é interessante, por exemplo, trocar fronhas de algodão por fronhas de cetim ou seda.

4 Consumir muito açúcar

  • O açúcar causa um processo conhecido como glicação, no qual a molécula de açúcar se liga às fibras de colágeno e elastina, endurecendo-as. Como resultado, a pele torna-se flácida e surgem os sinais do envelhecimento.

5 Dormir pouco

  • O sono é um momento de restauração para a pele e outros órgãos do corpo. Logo, quando não dormimos direito, não permitimos que as células sejam renovadas e os radicais livres eliminados.

6 Não usar óculos de grau ou de sol

  • Franzir os olhos para tentar ler algo, além de prejudicar a visão, também favorece o surgimento de linhas de expressão.
  • Quando não utilizamos os óculos de sol a tendência é tencionarmos os músculos para deixar os olhos semicerrados e protegê-los do sol, o que, a longo prazo, faz com que as linhas de expressão nessa área tornem-se mais evidentes.

7 Realizar movimentos repetitivos com a boca

  • O “bico” que a pessoa forma com a boca para fumar, tomar água diretamente da garrafa ou usar um canudinho para ingerir líquidos favorece o surgimento de rugas na região.

8 Ingerir bebidas alcoólicas em excesso

  • O consumo de bebidas alcoólicas favorece um processo inflamatório na pele que, a longo prazo, pode causar envelhecimento precoce, com o surgimento de rugas, flacidez e linhas de expressão.

9 Olhar constantemente o celular

  • O movimento constante de olhar para baixo para checar o celular pode favorecer o surgimento de rugas na região do pescoço, pois a pele nessa região é muito fina.
  • Dessa forma, as pequenas linhas que surgem quando inclinamos a cabeça para baixo, com o passar do tempo, vão se acentuando e adquirem o status de rugas e sulcos bastante marcados.

10 Fumar

  • O tabagismo é um dos principais fatores envolvidos no envelhecimento da pele, pois a nicotina e o alcatrão entopem os capilares mais finos e prejudicam a microcirculação de todo o organismo. Isso leva a uma diminuição da irrigação da pele com consequente redução da oxigenação, hidratação e nutrição, o que acelera o envelhecimento da pele.

11 Ficar estressado

  • Situações de estresse alteram o funcionamento do organismo, potencializando o estado inflamatório persistente da pele e fazendo com que as células tenham tempo de vida e atividades diminuídas.

12 Se alimentar mal

  • Uma alimentação sem os nutrientes corretos leva a pele a perder colágeno e a acumular gordura. Para a pele se manter hidratada e firme é importante a ingestão de proteína e vegetais.

13 Tomar banho quente

  • A água morna ou quente resseca a pele e pode provocar uma produção exagerada de gordura e o envelhecimento precoce, além de outros problemas.

14 Fazer exercícios físicos em excesso

  • Atividade física é fundamental, mas o excesso não é bom. Pode provocar o emagrecimento excessivo para a pele, deixando-a com o aspecto mais envelhecido.

15 Não beber água

  • A pele que não ingere a quantidade correta de água, vai ser naturalmente uma pele desidratada. Ela perde a elasticidade, por exemplo. O indicado é beber até dois litros de água por dia.

Fonte: Especialistas consultados.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS