X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Novidades para tratar rugas, manchas e queda de cabelo

| 07/02/2020 17:32 h | Atualizado em 07/02/2020, 18:03

Pauline Lyrio diz que aplicativo permite simulação do trajeto das artérias
Pauline Lyrio diz que aplicativo permite simulação do trajeto das artérias |  Foto: Leone Iglesias/AT

Diversos tratamentos estéticos têm ajudado as pessoas a chegarem à terceira idade mais bem cuidadas, com a aparência rejuvenescida e contribuindo assim para sua autoestima. Na semana passada, foram apresentadas em um congresso em Paris, na França, que teve a participação de médicos do Estado, as novidades na área da dermatologia que prometem tratar manchas, rugas e queda de cabelo.

A dermatologista Isabella Redighieri contou que novas máquinas, mais modernas, foram apresentadas para a calvície e devem chegar ao País ainda este ano.

“São novos equipamentos que fazem implante capilar de forma rápida e segura, fora do centro cirúrgico e sem precisar tirar o paciente da sua rotina. A máquina usa fios sintéticos, muito semelhantes aos naturais. A expectativa é que sejam liberadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária ainda este ano”, contou.

Isabella também citou que entre as novidades está um sérum rico em fatores de crescimento que são injetados no couro cabeludo, por meio de dispositivo, para fazer crescer cabelo ou pode ser usado para promover rejuvenescimento facial. Também foi apresentado, segundo a dermatologista Christina Drummond, para o tratamento de manchas como o melasma, o uso oral de um antioxidante em conjunto com o Plasma Rico em Plaquetas (PRP), que tem ação anti-inflamatória e regenerativa.

Aplicativo

Já a médica dermatologista Pauline Lyrio destacou que, durante o congresso, um aplicativo foi lançado permitindo a simulação dos trajetos das artérias, possibilitando que o paciente veja sua própria anatomia. Outra novidade destacada por ela é o estudo do canabidiol (produto derivado da maconha) para o tratamento de acne, alergias e doenças de pele.

Manchas

  • Para o tratamento de manchas como melasma, uma das novidades seria o uso oral de um antioxidante à base de superóxido dismutase (enzima com efeito antioxidante, extraída do melão cantaloupe), em conjunto com o Plasma Rico em Plaquetas (PRP), que tem ação anti-inflamatória e regenerativa. O PRP – procedimento realizado com o sangue do paciente – também auxilia no rejuvenescimento facial e tratamento contra a queda de cabelo. No Brasil, o PRP está fase de liberação.
  • Também foi apresentada a intradermoterapia (infiltração de medicamentos na derme ou no tecido subcutâneo – camada profunda da pele) com ácido tranexâmico. A substância é injetada com a função de impedir a pigmentação da pele e clarear as manchas de melasma. No País a técnica já é liberada.

Rugas

  • Uma nova classe de preenchedores, que em sua fórmula já possui o ácido hialurônico e o bioestimulador. Eles servem para preenchimento facial (trata rugas) e, ao mesmo tempo, fazem a produção de novas fibras de colágeno, que é a ação do bioestimulador. Novas marcas do produto estão chegando ao País.
  • O retinol encapsulado, uma versão do ácido retinoico, em sua fração mais leve, apresentou boa eficácia tanto para acne quanto para rejuvenescimento. Deve chegar ao Brasil na versão em cremes ou de forma isolada.

Tratamento de acne

  • Em alguns estados dos Estados Unidos há cosméticos à base do canabidiol (derivado da maconha). Um novo produto está em fase de testes e já mostra o efeito anti-inflamatório e para tratamento de acne, alergias e dermatites.

Calvície

  • Equipamentos que fazem implante capilar de forma rápida devem chegar ainda este ano ao País. A máquina usa fios sintéticos, muito parecidos com os reais. O método é rápido e pode ser associado a outros tipos de implante. O paciente escolhe a cor e o tamanho do cabelo a ser implantado.
  • O implante é indicado para cobrir falhas, cicatrizes e pequenas áreas de calvície. A expectativa é que seja liberado pela Anvisa ainda este ano.
  • Também foi apresentada a infusão de ativos, por meio de aparelhos de infiltração medicamentosa sem agulha, que diminuem a queda e aumentam o crescimento capilar à base de peptídeos. O aparelho toca a pele e o ativo penetra em uma velocidade de 180 km/h, dispensando o uso de agulhas e sendo menos dolorido.

Preenchimento no bumbum

  • Atualmente, as seringas com ácido hialurônico, para preenchimento, vêm no volume de 1ml. No congresso foi apresentada uma nova proposta, em que as seringas poderiam vir com o volume maior, de 20 ml, permitindo assim que preenchimento em áreas maiores, como o aumento de volume do bumbum, pudesse ser feito. Ainda não tem previsão de chegar ao País.

Fonte: Dermatologistas Isabella Redighieri, Pauline Lyrio, Christina Drummond, Juliana Drumond e Sandra Federici.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS