X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Internet 5G vai criar 13.400 empregos a partir deste ano

A nova geração de telefonia móvel vai criar chances para instalar antenas, em profissões que vão surgir e em outras da tecnologia


Imagem ilustrativa da imagem Internet 5G vai criar 13.400 empregos a partir deste ano
Acesso à internet 5G: qualificação será necessária para profissionais de áreas não diretamente ligadas à tecnologia da informação |  Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

A internet 5G, 100 vezes mais rápida que o 4G, que usamos hoje no Brasil, começa a ser implementada nas capitais, incluindo Vitória, até julho deste ano.

“De acordo com um estudo, até 2025, deverão ser criados 670 mil empregos em todo o País. Os cargos são diversos. Dentro desse número, 50 mil novas vagas serão apenas para a instalação das antenas, 200 mil serão no setor da indústria”, listou Luiz Antônio De Biase, diretor da Associação Capixaba de Tecnologia e presidente do Comitê de Inovação e Políticas Industriais da Findes.  

Somente no Espírito Santo, serão cerca de 13.400 novos postos de trabalho a partir deste ano. Entre as profissões mais demandadas, há algumas novidades, e outras já conhecidas no mercado.

“Cientistas de dados e especialistas em inteligência artificial parecem coisa de ficção científica, mas esses profissionais já existem. Usamos inteligência artificial todos os dias sem perceber, acessando redes sociais ou pedindo uma entrega por aplicativo. E esses serviços vão se intensificar”, completou o especialista.

O consultor em recursos humanos Elias Gomes elencou outras profissões em crescimento: “desenvolvedores de software, programadores, advogados consumeristas, especialistas em marketing e em comércio exterior terão novas oportunidades a partir de agora, e esse mercado não vai parar de crescer”.

Entre as novidades, estão desenvolvedores de carros autônomos, que finalmente poderão se popularizar com a nova tecnologia, além de engenheiros responsáveis por robôs cirurgiões. 

“Hoje, essas cirurgias se limitam a estudos. E o 5G ainda vai possibilitar que, pela telemedicina, os profissionais consigam atender moradores de pequenas comunidades afastadas”, concluiu Luiz Antônio De Biase.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, apontou que a conectividade de última geração levará ainda mais competitividade para o Sudeste. “Os setores da economia, do campo à indústria, vão passar por uma verdadeira revolução”.

Imagem ilustrativa da imagem Internet 5G vai criar 13.400 empregos a partir deste ano
Para a consultora em Direito Digital Elseana de Paula, o ideal é que as empresas contratem advogados para se resguardar em relação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) |  Foto: Lucas Sandonato/AT

Direito é uma das áreas requisitadas

Uma profissão que promete se desenvolver e mudar com a internet mais veloz é a da área do Direito. De acordo com a consultora em Direito Digital Elseana de Paula, o ideal é que as empresas contratem advogados para se resguardar em relação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que protege os dados do consumidor.

Esse profissional pode promover capacitações dentro das empresas para deixar os funcionários familiarizados com as mudanças. 

“Quanto mais se desenvolve a tecnologia, mais as empresas precisam proteger seus dados e de seus clientes. Fui convidada para, este ano, realizar esse projeto de treinamento em uma empresa. Com isso, ela fica um passo à frente.”


SAIBA MAIS


Internet 5G

  • É a mais nova e mais avançada geração de redes móveis depois do 4G. Além de alta velocidade, o 5G permite conectar praticamente tudo e todos simultaneamente, incluindo máquinas, eletrodomésticos, objetos e dispositivos.

Leilão

  • A telefonia móvel funciona por meio de radiofrequências, que são as ondas de rádio que possibilitam transmissão de áudio, televisão e internet.

Prazo para instalação

  • 31 de julho de 2022: capitais e Distrito Federal, tendo uma antena a cada 100 mil habitantes.
  • 31 de julho de 2025: capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes, tendo uma antena a cada 10 mil habitantes.
  • 31 de julho de 2029: todas as cidades com mais de 30 mil habitantes, tendo uma antena a cada 15 mil habitantes.
  • 31 de dezembro de 2029: 100% dos municípios com até 30 mil habitantes devem ganhar até cinco antenas.

Antenas

  • As antenas do 5G serão bem menores, chegando a ter o tamanho de uma caixa de sapato. Elas poderão ser instaladas em fachadas e topos de prédios, postes de iluminação, entre outros locais.
  • Por serem mais leves e menores, vão consumir menos energia.
  • Na telefonia 4G são poucas antenas e elas são grandes e ficam em cima dos prédios.
  • Com a 5G, serão necessárias cerca de cinco vezes mais antenas instaladas. 
  • Serão necessários profissionais para instalar, configurar e manter as antenas e os cabos necessários para conectá-las.
  • Haverá mais de um tipo de profissional cabista ou técnico de rede: os que realizam o serviço que fica todo salvo online, na chamada nuvem. As antenas sem fio, a fibra ótica, e, por fim, o cabo comum. 

Vagas abertas

  • A Empresa de consultoria Center RH tem vagas para cabista e técnico de rede. A contratação é para uma empresa de tecnologia da informação.

Cabista (2)

  • Profissional deve ter vivência em cabeamento ou infraestrutura.

Técnico de rede (2)

  • Experiência em conexão de cabos óticos e metálicos, montagem de rack´s e Dio´s.
  • As funções têm salário compatível, mais 30% de periculosidade, plano de saúde, vale-transporte, vale- alimentação e seguro de vida.
  • Cadastro em www.centerrh.com.br

Fonte: Anatel, Conexis, especialistas ouvidos e Center RH

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: